Conforme noticiado pelo Olhar Digital, a partir de 1º de junho o Google Fotos limitará o upload de imagens em alta resolução para 15 GB. Depois disso, o usuário que desejar continuar utilizando o serviço deverá pagar por um armazenamento adicional no Google One.

O serviço em nuvem custará US$ 2 por mês para 100 GB de espaço, mas há também uma versão para armazenamento de 200 GB, que custará US$ 3.

Mas, vale lembrar, o limite é compartilhado entre a conta no Gmail e todos os documentos, slides e planilhas do Workspace. Portanto, é bom agilizar o backup dos seus arquivos.

Qualquer arquivo de alta qualidade carregado antes de 1º de junho não contará para o limite, dando tempo para iniciar o aplicativo e garantir que as fotos sejam enviadas para a nuvem.

Começando a faxina

Segundo disse o Google em novembro passado, estima-se que mais de 80% dos usuários não atingirão o limite de 15 GB por mais 10 anos. Portanto, se você for um deles, talvez não precise se preocupar em sair do serviço.

Como o total de 15 GB é dividido entre todos os serviços, o usuário pode remover arquivos desnecessários e e-mails grandes do Drive e do Gmail para liberar espaço. As imagens compactadas no Google Fotos ocupam cerca de 1 a 4 MB de espaço. Assim, é possível pode comprimir facilmente mais de 300 fotos por GB.

Veja como exportar um backup de sua conta do Google Fotos:

1- Acesse o Google Fotos pelo navegador web: https://photos.google.com e clique no botão de Configurações;

2 – Role para baixo até a seção “Exportar seus dados” e clique no botão “Mostrar mais”;

3 – Em seguida, clique em “Fazer backup”;

4 – Na tela seguinte, estará demarcado o item “Google Fotos”. Clique em “Próxima etapa”;

5 – Selecione a frequência de exportação, o tipo de arquivo a ser exportado (.zip ou .tgz) e o tamanho máximo de um arquivo. Clique em “Criar exportação”.

Poderá levar algumas horas para que o Google crie seus arquivos de backup. Você receberá um e-mail quando seus arquivos estiverem prontos para download.

Leia mais:

Escolha de um serviço alternativo

Com um plano ilimitado de armazenamento de fotos, o Google era a opção mais atraente do mercado, mas não é o único a oferecer esse serviço. A única desvantagem era que ele compactava as imagens para armazená-las na nuvem – mas a diferença de qualidade não era significativa para a maioria dos usuários.

Se você não tem milhares de fotos de alta qualidade, o Google Fotos ainda é uma boa escolha. Mas, se procura opções alternativas, você tem outros serviços, como Flickr e ImageShack, que oferecem armazenamento ilimitado de imagens, caso você seja um daqueles usuários com toneladas delas para armazenar.

Flickr é um dos aplicativos que oferecem armazenamento ilimitado de imagens e pode ser uma alternativa substituta do Google Fotos. Imagem: BigTunaOnline – Shutterstock

Abaixo, algumas alternativas para armazenar suas fotos e videos:

  • Google One (15 GB de armazenamento gratuito): se você deseja mais armazenamento do Google e não quer se preocupar em exportar suas fotos para outro serviço, a plataforma oferece planos pagos a partir de 100 GB por US$ 1,99 por mês.
  • iCloud (5 GB de armazenamento gratuito): por ser nativo de iPhones, essa é a melhor opção para muitos usuários da maçã, pois o esforço para carregamento das fotos na nuvem é mínimo. Mas, é importante lembrar que o iCloud também hospeda informações do iPhone e backups (arquivos, bate-papos do iMessage e senhas). Portanto, suas fotos podem ter que lutar pelo armazenamento. Você pode adicionar 50 GB de armazenamento à sua conta com um pagamento de US$ 0,99 por mês. 
  • Dropbox (2 GB de armazenamento gratuito): embora o Dropbox ofereça diferentes opções de armazenamento de arquivos, ele também possui um produto de fotos dedicado para fazer backup de imagens do iOS, Android, Windows e Mac. A empresa tem planos diferentes para uso pessoal e profissional, a partir de US$ 9,99 por mês para 2 TB de armazenamento. Infelizmente, não existem planos mais baratos que ofereçam algumas centenas de GB de armazenamento em nuvem.
  • Flickr (1 mil imagens): diferente do iCloud e do Dropbox, o Flickr é um serviço dedicado ao armazenamento de fotos de alta qualidade. Existe um nível gratuito de upload de mil imagens sem qualquer limite de armazenamento. Mas, se você tem uma grande quantidade de fotos para guardar, pode optar pelo plano Pro, que custa US$ 5,99 por mês na assinatura anual. O melhor do plano é que ele oferece armazenamento verdadeiramente ilimitado, tanto para quantidade quanto para qualidade das fotos que você pode fazer backup.
  • ImageShack (sem camada gratuita): se você está procurando uma alternativa mais barata ao Flickr para armazenar fotos ilimitadas, o ImageShack é o serviço ideal. Ele não tem um nível gratuito, mas oferece uploads ilimitados por US$ 3,99 por mês ou US$ 37,99 por ano.
  • OneDrive (5 GB de armazenamento gratuito): o serviço de armazenamento da Microsoft oferece 5 GB de espaço gratuito e, para obter mais, você pode pagar US$ 69,99 por ano em troca de 1 TB de espaço na nuvem. Além disso, dá acesso a alguns aplicativos do Microsoft Office, como Excel, Word e Powerpoint.

O post O que fazer para armazenar imagens após o fim da gratuidade do Google Fotos apareceu primeiro em Olhar Digital.