O Ministério da Saúde recomendou, nesta sexta-feira (16), que as mulheres adiem a gravidez durante esse período crítico da pandemia do novo coronavírus, se possível, diante dos riscos provocados pelas variantes do Sars-CoV-2 em relação às gestantes.

Conforme o secretário de Atenção Primária à Saúde do Ministério Raphael Parente, a sugestão de postergar a gravidez foi dada com base na visão clínica de especialistas, que apontam uma ação mais agressiva das mutações do coronavírus nas gestantes, com possibilidade de casos mais graves desde o primeiro trimestre — antes, os riscos maiores estavam ligados ao período final da gestação.

Leia mais…