Na noite da última terça-feira (1°), a Fujifilm se tornou a nova vítima de um ataque de ransomware, que paralisou suas operações. Em comunicado publicado na sexta-feira (04), a empresa explicou que está investigando a ocorrência de um “possível acesso não autorizado de terceiros a seus servidores”.

De acordo com a empresa, uma força-tarefa especial, que incluía especialistas externos, entrou em ação imediatamente, assim como todas as redes e equipamentos foram desligados para a determinação da extensão e da escala do problema.

Leia mais…