Na esteira da subida do número de novos casos de Covid-19 no Brasil, a média móvel de mortes pela doença também subiu nos últimos 30 dias. Segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), a média móvel de óbitos pela doença cresceu 42% entre o dia 10 de maio e esta sexta-feira (10).

Em 10 de maio, a média móvel de mortes por Covid-19 estava em 99, já com tendência de alta. Em um mês, este número saltou para 141, o total aferido hoje. Em relação aos casos, a taxa é de 39.980 novos casos, o maior número desde 16 de março, quando o Conass marcou 40.682 novos casos por dia.

Teste PCR contra Covid-19 sendo aplicado em indivíduo
Taxa de positividade da Covid-19 também tem subido no último mês. Crédito: Drazen Zigic/Shutterstock

A média móvel é considerada a medida mais eficiente para o entendimento do momento da pandemia no país, uma vez que permite que inconsistências pontuais, como subnotificações, de dados sejam desconsiderados.

A Covid-19 no Brasil

Após chegar ao Brasil em março de 2020, o vírus da Covid-19 se espalhou rapidamente. Pouco mais de dois anos e meio depois da chegada da pandemia no país, foi alcançada a assustadora marca de 600 mil mortes

Leia também!

Com momentos de alta e de baixa nos novos casos e no número de mortes, o país só teve um cenário de melhora na pandemia após o avanço da vacinação. Segundo dados do Ministério da Saúde, quase 157 milhões de pessoas já estão com o esquema vacinal completo e 86 milhões já tomaram pelo menos a primeira dose de reforço.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Covid-19: média móvel de mortes cresce 42% em um mês apareceu primeiro em Olhar Digital.