Auto Added by WPeMatico

Após muita especulação e controvérsia, foi anunciado que HBO Max e Discovery+ vão se unir para formar uma nova plataforma de streaming em 2023.

A Warner Bros. Discovery anunciou que a fusão entre os streamings acontecerá entre junho e setembro nos Estados Unidos, período correspondente ao verão no hemisfério norte. As demais regiões, como o Brasil, seguirão com a mudança logo em seguida.

Isto configurará o fim da HBO Max, um serviço de streaming criado na metade de 2020, e que chegou ao Brasil um ano mais tarde, com a missão de competir com plataformas como Netflix e Disney+, com um catálogo formado com títulos da HBO, Warner Bros. e outras marcas da WarnerMedia, como Cartoon Network e Adult Swim, além de conteúdos originais, como “Pacificador”, “Nossa Bandeira é a Morte” e “Hacks”.

Por outro lado, o Discovery+ estreou nos Estados Unidos no início de 2021, chegando ao Brasil meses mais tarde, como a casa dos programas exclusivos da rede de canais da Discovery.

A fusão entre os dois serviços de streaming já era de conhecimento público desde março deste ano, mas os planos ainda não estavam bem definidos, e não havia data para acontecer.

Leia mais:

Agora, temos um plano mais definido de como isto acontecerá. De acordo com o The Wrap, durante a reunião orçamentária que aconteceu nesta quinta-feira, a Warner Bros. Discovery revelou que a HBO Max e o Discovery+ chegará primeiro nos Estados Unidos, entre junho e setembro de 2023, e será seguido da América Latina, onde chegará entre setembro e dezembro de 2023. Por fim, o serviço chega em outros mercados ao redor do mundo em 2024.

“A profundidade e amplitude incomparáveis de conteúdo da Warner Bros. Discovery nos oferece a oportunidade de oferecer algo para todos”, disse JB Perrette, CEO e presidente de streaming global e interativo, na teleconferência de resultados do segundo trimestre da Warner Bros. Discovery (via The Wrap). “Fornecer aos consumidores uma variedade de opções de entretenimento maximizará nosso alcance e retornos financeiros.”

Até o momento, não foi anunciado o nome do novo serviço de streaming que reunirá HBO Max e Discovery+, nem uma data exata, preços e planos ou como funcionará a migração de usuários dos dois serviços para o novo.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Fim do segredo: HBO Max vai virar outro serviço em 2023 apareceu primeiro em Olhar Digital.

O cancelamento do filme “Batgirl” pegou todos de surpresa, incluindo os próprios diretores, que se disseram “chocados” com a decisão. Sem ter comentado nada durante o dia, a protagonista do longa que viveria a heroína, Leslie Grace, quebrou o silêncio na noite desta quarta-feira (3).

“Querida família! Logo após as recentes notícias sobre nosso filme ‘Batgirl’, estou orgulhosa do amor, trabalho duro e intenção que todo nosso elenco incrível e equipe incansável colocaram neste filme ao longo de 7 meses na Escóci”, disse Grace, que seria a primeira atriz latina a dar vida à heroína.

“Sinto-me abençoada por ter trabalhado entre grandes nomes e forjado relacionamentos por toda uma vida no processo! Para todos os fãs da Batgirl – OBRIGADO pelo amor e crença, permitindo que eu pegasse a capa e me tornasse, como Babs disse melhor, ‘meu próprio maldito herói!’”, completou.

Leia mais:

“Batgirl”: Conflitos com o Universo DC teriam causado cancelamento

Nesta última terça-feira (2) foi anunciado que o filme “Batgirl” não seria lançado, mesmo com um prejuízo milionário, e apesar de as informações iniciais apontarem para a qualidade do filme ter sido o motivo do cancelamento, fontes da Warner Bros. defendem que não é o caso.

A princípio, a notícia do cancelamento surgiu junto com rumores de que a qualidade do filme teria motivado o cancelamento de “Batgirl”, após testes de audiência serem insatisfatórios. Um artigo do New York Post afirmou que pessoas que assistiram ao filme terem afirmado que ele seria “irremediável”.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Protagonista de “Batgirl” quebra silêncio e comenta cancelamento do filme apareceu primeiro em Olhar Digital.

A chocante decisão de cancelar o filme “Batgirl” parece ter sido apenas o começo para a HBO Max, com rumores apontando para cortes de conteúdo, que resultariam em demissões em massa.

A informação foi publicada pelo CBR.com, que revelou o relato de duas fontes que estimam demissões que podem chegar a 70% da equipe de desenvolvedores da HBO Max.

“Todo mundo na Warner Bros. Discovery está nervoso no momento, e [eles] estão começando a procurar opções alternativas de trabalho, caso eles sejam cortados”, teria dito uma fonte da empresa. “Parece que eles não estão mais fazendo séries roteirizadas da HBO Max, com a HBO assumindo, então menos séries roteirizadas em geral.”

Uma explicação mais detalhada do motivo da potencial onda de demissões e cortes de conteúdo na HBO Max foi dada por outra pessoa com conhecimento da situação. “A HBO Max tem uma equipe de desenvolvimento que é muito pesada. E por que você precisa de uma equipe de desenvolvimento na HBO e na HBO Max? É redundante. Basta que a equipe de Casey Bloys faça todo o desenvolvimento [de produtos] roteirizados para TV.”

Já de acordo com o The Wrap, grandes mudanças feitas pela Warner Bros. Discovery já eram esperadas por Wall Street, com grandes movimentações de realinhamento sendo esperadas nas plataformas de streaming da companhia. Sob o comando do CEO David Zaslav, a Warner Bros. Discovery tem duas grandes plataformas, a HBO Max e o Discovery+.

Leia mais:

A expectativa é que tais mudanças sejam anunciadas por Zaslav durante uma reunião orçamentária que acontece nesta quinta-feira, 4 de agosto. Além da redução no pessoal da HBO Max para eliminar redundâncias com a HBO, existe uma expectativa de que um serviço de streaming combinado entre HBO Max e Discovery+ seja anunciado.

Outro ponto colocado pelo The Wrap, partindo de um manager de Hollywood, é que Zaslav e pessoas em torno dele já vem sinalizando há algum tempo para os melhores showrunners e talentos do mercado, que o chefe de conteúdo da HBO Casey Bloys ocupará uma posição sênior com a combinação dos dois streamings.

Agora, resta saber se tais rumores bombásticos vão se concretizar após a reunião orçamentária desta quarta-feira, 4 de agosto.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post HBO Max: Rumores indicam cortes de conteúdo e demissões em massa apareceu primeiro em Olhar Digital.

O universo de celebridades é cheio de lendas urbanas, e agora uma delas, que envolve o astro Bruce Lee, foi desmentida.

A lenda urbana em questão afirma que Bruce Lee deixou Hollywood em direção a Hong Kong porque ele perdeu o papel de protagonista de “Kung Fu”, e foi desmentida pelo CBR.

Bruce Lee, então, teria ficado chateado e decidido deixar Hollywood para seguir sua carreira em Hong Kong. O vice-presidente executivo da Warner Bros., Fred Weintraub, também é ligado a esta história, pois teria sido ele quem recomentou que Bruce Lee fosse para Hong Kong.

O fato de que teria sido Weintraub quem recomendou a ida de Lee para Hong Kong para perseguir uma carreira no cinema, e voltar para os Estados Unidos com prova de que poderia ser um astro do cinema, encaixa na narrativa de que a mudança foi motivada por não ter conseguido o papel de protagonista de “Kung Fu”.

Mas não é bem isto que aconteceu, e o motivo de sabermos isto é simples: o tempo. Weintraub se reuniu com Lee sobre um possível versão de “Kung Fu” para o cinema em 1970. Quando isto não funcionou, Weintraub recomendou que Bruce Lee se mudasse para Hong Kong.

Foi também em 1970 que Bruce Lee visitou Hong Kong, quando ficou chocado em descobrir que era uma grande celebridade por lá por seu papel de coadjuvante em “O Besouro Verde”.

O próprio Bruce Lee comentou sobre o momento ao News Week: “Sempre que tenho que ir a lugares públicos como um restaurante, tento entrar sem ser detectado. Vou direto para uma mesa de canto e me sento rapidamente, de frente para a parede, de costas para a multidão. Eu mantenho minha cabeça baixa enquanto como… Você vê, se eu for reconhecido eu estou morto, porque eu não posso comer com a mão que eu tenho que usar para dar autógrafos. E eu não sou um daqueles caras que podem ignorar as pessoas.”

Bruce Lee pode ser visto no vídeo abaixo fazendo demonstrações de artes marciais para a Hong Kong TV, em abril de 1970:

Leia mais!

Então, Lee entrou em acordo com a Golden Harvest Studios, e começou a filmar seu primeiro filme produzido em Hong Kong, “O Dragão Chinês”, em julho de 1971. O filme foi lançado em Hong Kong em outubro de 1971 e é aí que o tempo prova que esta lenda urbana sobre Bruce Lee é falsa.

É que foi apenas em dezembro de 1971 que o ator fez as audições para a série de TV “Kung Fu”. Então, Bruce Lee não teria como ter se mudado para Hong Kong por estar desapontado por não conseguir o papel, visto que ele já havia se mudado para lá quando tentou o papel na série.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 

O post Famosa lenda urbana sobre Bruce Lee é falsa; entenda apareceu primeiro em Olhar Digital.

Buscando a perfeição, Paul Dano fez quase 200 takes diferentes de uma única cena de ‘The Batman’ em que interpretava o seu personagem, o Charada. O vilão entra em conflito com o Batman através de uma transmissão virtual e o diretor Matt Reeves não deixou essa história passar batida na entrevista ao THR.

De acordo com ele, o take envolvia o ator em uma sala longe do elenco e filmando a si mesmo com um iPhone, enquanto isso, Reeves dava diversas instruções por meio de um ponto eletrônico. Só que neste momento, Paul Dano não parava de ter ideias e mais ideias sobre como a cena poderia ser gravada.

“Ele ficava dizendo: ‘Ok, me deixe tentar uma em que estou fora do quadro, mas daí minha cabeça aparece no canto. Me deixe tentar uma em que já apareço sentado aqui desde o começo’. Era como se ele estivesse dirigindo sua própria peça de um homem só, em um iPhone”, comentou Reeves em tom de animação.

A empolgação foi tanta, que o diretor chegou a elogiar a perfomance do ator como Charada: “Ele ficava lá, dizendo que se passaram não sei quantas horas e que o tempo estava acabando para o Batman. Parecia um apresentador de game show. Paul é muito inventivo e criativo, mas também muito crítico de si mesmo”.

Charada em The Batman
Imagem: © Courtesy of Warner Bros. Pictures/ ™ & © DC Comics

O novo longa do Batman foi dirigido por Reeves, o qual também foi responsável por ‘Planeta dos Macacos’, e conta com um elenco de peso, Robert Pattinson como o Homem-Morcego, Andy Serkis (Alfred), Zoë Kravitz (Mulher-Gato), Jeffrey Wright (Comissário Gordon) e Colin Farrell (Pinguim).

Aproveita e já anota para não esquecer: a estreia do filme acontece nesta quinta-feira, 3 de março, no Brasil, e a pré-venda dos ingressos já começou.

Leia mais!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Paul Dano fez quase 200 takes de uma única cena do Charada em ‘The Batman’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

De acordo com a Warner Bros., o jogo Suicide Squad: Kill the Justice League, que estava programado para chegar em 2022, foi adiado para 2023.

A Bloomberg revelou a informação antes do anúncio oficial de que apesar de o jogo originalmente estar programado para chegar em algum momento de 2022, “pessoas familiares com seu desenvolvimento” diziam que o game não seria lançado por ao menos um ano.

Um adiamento tão grande quanto esse é surpreendente para um título que já vinha exibindo imagens de gameplay, então é de se imaginar que o jogo não esteja tão próximo de estar pronto quanto as imagens podem sugerir.

Assim como outros lançamentos recentes como The Avengers, Guardians of the Galaxy e Batman: Arkham, Suicide Squad: Kill the Justice League é baseado nos quadrinhos e não nos filmes recentes do “Esquadrão Suicida“. Então, é bom os fãs não criarem expectativa em ver Margot Robbie ou John Cena representados e ouvir suas vozes. Em vez disso, o jogo terá sua própria história.

Leia mais!

Apesar do adiamento ser decepcionante, jogos recentes apressados com lançamento durante a pandemia apresentaram muitos problemas, então talvez seja melhor que um adiamento ocorra em vez de um jogo ser lançado cheio de bugs.

Dois outros grandes lançamentos da Warner, LEGO Star Ward e Hogwart’s Legacy também sofreram grandes adiamentos, visto que originalmente estavam previstos para serem lançados em 2021, e agora a expectativa é que cheguem, possivelmente, em 2022.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Suicide Squad: Kill the Justice League tem lançamento adiado apareceu primeiro em Olhar Digital.

Os abusos do diretor Joss Whedon no set de filmagens voltaram à tona. Agora, a atriz israelense Gal Gadot voltou a citar o comportamento inadequado e autoritário do cineasta durante a finalização do filme ‘Liga da Justiça’. A produção foi terminada por Whedon após Zack Snyder precisar se afastar do projeto por questões pessoais, em 2016.

Em entrevista à revista Elle, a atriz relembrou o tormento pelo qual Joss Whedon a fez passar durante as extensas reescritas e refilmagens do filme. As intervenções do diretor não foram bem recebidas pelos críticos e fãs do Universo DC nos cinemas. Nos filmes da Warner Bros, Gadot interpreta Diana Prince, a Mulher-Maravilha.

Leia mais:

“Devo dizer que os chefes da Warner Brothers cuidaram disso… Voltando ao senso de retidão que eu tenho… você fica zonza porque não consegue acreditar que aquilo foi dito a você. E se ele diz isso para mim, então obviamente ele diz para muitas outras pessoas. Eu apenas fiz o que senti que tinha que fazer. E era para dizer às pessoas que não está tudo bem”, comentou Gal Gadot.

O diretor ameaçou a carreira da atriz, dizendo que a tornaria “miserável” se ela não obedecesse quando Gadot expressou preocupação criativa em relação à sua personagem. Além dela, o ator Ray Fisher, que interpretou o Cyborg na ‘Liga da Justiça’, também falou sobre o comportamento não profissional e abusivo de Joss Whedon durante o trabalho.

O cineasta também demonstrou falta de profissionalismo ao falar de Patty Jenkins, diretora do filme solo da ‘Mulher-Maravilha’. Ele tratou a colega de profissão de forma depreciativa. Ele modificou a super-heroína, inclusive, porque sabia que Gal Gadot não aprovaria.

Ciborgue - Liga da Justiça
Ray Fisher também falou dos abusos de Joss Whedon nos sets de filmagens. Imagem: Warner Bros./Divulgação

Outra atriz se pronunciou após os comentários de Ray Fisher. Charisma Carpenter trabalhou com Joss Whedon em ‘Buffy, a Caça-Vampiros’, série criada e produzida por ele. A profissional afirmou que segurou tudo por quase duas décadas e inventava desculpas para não falar sobre eventos que a traumatizaram. Além do abuso de poder, ela disse que o cineasta tornava os ambientes de trabalho hostis e tóxicos.

“Embora ele achasse sua conduta inadequada divertida, só serviu para intensificar minha ansiedade, enfraquecer-me e afastar-me de meus colegas. Os incidentes perturbadores desencadearam uma condição física crônica da qual ainda sofro. É com o coração batendo pesado que digo que enfrentei isso isoladamente e, às vezes, destrutivamente”, disse.

Ela acrescentou ainda que Whedon a ameaçava de demissão e destruía a autoestima dos jovens atores. “E insensivelmente me chamando de ‘gorda’ para os colegas quando eu estava grávida de 4 meses. Ele era mau e mordaz, depreciativo sobre os outros abertamente e muitas vezes tinha favoritos, colocando as pessoas umas contra as outras para competir e vencer por sua atenção e aprovação”, concluiu Carpenter.

Via: ScreenRant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Gal Gadot volta a falar sobre comentários abusivos de Joss Whedon apareceu primeiro em Olhar Digital.

A Warner realizou neste sábado (16/10) a conferência global DC FanDome – evento online para apresentar as novidades do Multiverso DC nos quadrinhos, cinema, séries e games. Durante a apresentação, foram revelados os teasers de Aquaman: o Reino Perdido, Adão Negro e o trailer de The Batman. O filme dirigido por Matt Reeves e estrelado por Robert Pattinson estreia em 4 de março de 2021.

Após o lançamento dos posters oficiais do filme, a DC aproveitou para promover um bate-papo entre o diretor Matt Reeves e os protagonistas Robert Pattinson e Zoe Kravitz para falarem sobre o clima nos sets de filmagem e as expectativas ao viverem Batman e Mulher Gato.

O elenco de ‘The Batman’ ainda inclui Zoe Kravitz como Selina Kyle/Mulher-Gato, Andy Serkis como Alfred, Jeffrey Wright como o comissário James Gordon, John Turturro como Carmine Falcone e Colin Farrel como Oswald Cobblepot/Pinguim. O longa estava com lançamento previsto para 21 de junho de 2021. No entanto, devido a atrasos nas filmagens por conta da pandemia, sua estreia foi remarcada para março de 2022. Confira o trailer abaixo:

Leia mais:

DC FanDome 2021

O DC FanDome foi a forma que a DC e a Warner encontraram para divulgar as novidades do multiverso durante a pandemia de Covid-19. Para celebrar a edição, a DC preparou  NFTs exclusivos dos seus heróis para quem acompanhou o evento ao vivo.

De acordo com a DC, serão distribuídas cópias aleatórias com artes exclusivas de personagens como Superman, Mulher Maravilha, Jovens Titãs, Batman, Lanterna Verde e Esquadrão Suicida para quem fizer o cadastro na plataforma do evento.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post ‘The Batman’: novo trailer é revelado durante DC FanDome 2021 apareceu primeiro em Olhar Digital.

O filme ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’ é um sucesso há gerações e agora, uma nova produção contará a história de origem do chocolateiro Willy Wonka. Neste domingo (10), os fãs foram surpreendidos pela primeira imagem de bastidores, graças ao Timothée Chalamet.

O ator viverá o famoso chocolateiro no prelúdio e revelou uma foto em que aparece caracterizado de blazer e cartola, figurino clássico que foi consagrado por Gene Wilder na versão original da trama nos anos 70. O novo filme mostrará o lado da juventude de Willy Wonka e isso muito antes da obra clássica de Roald Dahl.

‘Wonka’ será dirigido por Paul King e com roteiro de Simon Rich. A trama foi criada por Dahl, o doceiro interpretado por Gene Wilder em ‘A Fantástica Fábrica de Chocolate’, de 1971, e também por Johnny Depp no remake de 2005. Além disso, a estreia está prevista para 17 de março de 2023.

Leia mais:

Timothée Chalamet será novo Willy Wonka dos cinemas

Timothée Chalamet, indicado ao Oscar por ‘Me Chame Pelo Seu Nome’ (2017), foi confirmado como o novo Willy Wonka dos cinemas. Em um prelúdio (prequel), ele viverá a versão jovem do icônico personagem que viria a se tornar o dono da ‘Fantástica Fábrica de Chocolate’.

O spin-off está sendo desenvolvido pela Warner Bros. O ator de 25 anos disputou o papel e levou a melhor contra Tom Holland (‘Homem-Aranha‘). De acordo com o site Deadline, que divulgou a informação em primeira mão, Chalamet era o favorito dos produtores há algum tempo, mas conflitos de agenda quase acabaram com a negociação.

Para saber mais, acesse a reportagem completa no Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Timothée Chalamet mostra primeira foto como Willy Wonka apareceu primeiro em Olhar Digital.

Com um dos maiores portfólios de personagens da indústria do entretenimento, a Warner resolveu brincar com isso e colocar alguns de seus ícones em Mortal Kombat.

Na lista de quem já deu as caras por lá, estão o Predador, RoboCop, Leatherface, de “O Massacre da Serra Elétrica” e o Coringa. Porém, apesar de ter sido muito pedido pelos fãs por meio de uma petição online, Salsicha, de “Scooby-Doo”, não chegou ao jogo.

Mesmo não tendo sido inserido como um personagem jogável de Mortal Kombat 11, o último jogo da série, os produtores da Warner resolveram dar um gostinho de como seria ver Salsicha duelando com ícones como Sub-Zero, Liu Kang e Kung Lao.

‘Ultrainstinto’ do Salsicha

Na abertura do mais recente filme animado da franquia, “Mortal Kombat Legends: Batalha dos Reinos”, Salsicha é mostrado usando seu “ultrainstinto” contra ninguém menos que Scorpion.

No clipe de apresentação do logo da Warner Bros. Animation, Scorpion aparece mostrando toda sua agilidade e pula por todos os cantos da tela com o símbolo do estúdio atrás. Quando ele termina sua apresentação, o logo se abre e revela um Salsicha bastante amedrontador.

O personagem de ScoobyDoo é visto com os olhos verdes e brilhantes e um sorriso digno de vilão de filme de suspense. Em seguida, ele agarra Scorpion pela garganta e brada uma versão bastante particular do clássico “get over here”.

Scorpion é puxado por salsicha para uma espécie de portal que fica dentro do logotipo da Warner. Logo depois, o personagem de Scooby Doo retorna com um olhar pra lá de ameaçador para o público, ao mesmo tempo em que uma espécie de campo de força cresce ao seu redor.

Leia mais:

A brincadeira acaba quando o escudo da Warner se fecha e contém a sede de sangue de Salsicha. A zoeira dos produtores certamente será bem vista pelo público, mas também é uma amostra de que quem assinou a petição pedindo Salsicha em Mortal Kombat 11 não estava maluco e o personagem cabe perfeitamente no jogo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Salsicha mostra seu ‘ultrainstinto’ em nova animação de Mortal Kombat; veja o vídeo apareceu primeiro em Olhar Digital.