Auto Added by WPeMatico

O ‘Minecraft’ tem, entre seus modos, um criativo, que permite aos jogadores usarem a imaginação e construírem o que bem quiserem. E, assim, um jogador do game desenvolvido pelo Mojang Studios vem recriando diversos planetas da galáxia da saga ‘Star Wars’, convergindo o jogo febre entre crianças e adolescentes e a franquia de quase 45 anos de existência.

O jogador, conhecido como Vistachess, divulga o trabalho que vem fazendo no ‘Minecraft’ no fórum Reddit. Lá, ele publicou diversas capturas de tela de toda a construção que vem realizando sozinho (ou sozinha?). O usuário também disponibiliza um link para download.

Leia mais:

Na última quinta-feira (9), o jogador publicou as imagens de Tatooine, planeta deserto que serviu de lar para Anakin e Luke Skywalker e Obi-Wan Kenobi durante ‘Star Wars’, e de Coruscant, a capital da República e, em seguida, do Império. No post, Vistachess disse que passou um ano na construção como parte de seu mapa de aventura em mundo aberto singleplayer.

Ele/ela ainda deixou dois vídeos do progresso no YouTube. Pelo tempo que ele levou para fazer dois planetas, os outros devem demorar ainda a chegar à página do jogador no Reddit. Agora, pela última publicação de Vistachess no fórum, o construtor de ‘Minecraft’ está trabalhando no planeta Naboo, local de origem da rainha, e depois senadora, Padmé Amidala.

Vistachess não é o primeiro jogador a usar o ‘Minecraft’ para reconstruir mundos da ficção. A comunidade de construtores do jogo já colocou a Terra Média, onde se passa a maioria dos contos de J. R. R. Tolkien, nos formatos cúbicos do game. ‘Doom’, ‘Half-Life’, ‘The Witcher, ‘Stardew Valley’ e até o mapa completo de ‘Breath of the Wild’, título de 2017 da franquia ‘A Lenda de Zelda’ também entraram no jogo.

Confira a galeria de ‘Star Wars’ no ‘Minecraft’:

Via: PC Gamer

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Jogador de ‘Minecraft’ recria planetas de ‘Star Wars’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

A plataforma de streaming Disney+ liberou o trailer e divulgou a data de lançamento do especial em animação ‘Lego Star Wars: Contos Aterrorizantes’. Em comemoração ao Dia das Bruxas, ou Halloween, que acontece no dia 31 de outubro, a produção chega exclusivamente ao serviço logo no dia 1º do próximo mês.

O especial da Lucasfilm e do Lego Group promete deixar os fãs “prontos para uma temporada de Halloween assustadoramente divertida”. O trailer traz o primeiro olhar sobre os três contos, narrados por Vaneé, dublado por Tony Hale, um leal servo de Darth Vader.

Leia mais:

A primeira história é ‘The Lost Boy’. O conto mostra a história de como o jovem Ben Solo conhece Ren pela primeira vez. Em seguida, é a vez de ‘The Dueling Monstrosities’. Este imagina como seria o renascimento de Darth Maul e o General Grievous. O último é chamado “The Wookiee’s Paw”, com o que poderia ter acontecido se todos os maiores desejos de Luke Skywalker imediatamente se tornassem realidade.

A animação mostra Poe e BB-8 realizando um pouso de emergência no planeta vulcânico Mustafar, após os acontecimentos de ‘A Ascenção Skywalker‘. Lá, eles encontram o ganancioso e conivente Graballa, o Hutt, que comprou o castelo de Darth Vader e está reformando-o para criar o primeiro hotel de luxo da galáxia inspirado nos Sith e com tudo incluso.

Ao esperar o conserto do X-Wing, a dupla resistência junto a Graballa e Dean, um garoto mecânico no planeta, se aventuram pelo misterioso castelo, junto a Vaneé. Pelo caminho, o leal servo do antigo lorde das trevas conta as três histórias assustadoras ligadas a artefatos antigos e vilões icônicos de todas as eras de ‘Star Wars’.

No caminho, Vaneé vai levando os heróis mais para o interior do castela, revelando um plano sinistro. Poe e BB-8 contarão com a ajuda de Dean para enfrentar os medos e impedir a ascensão de um antigo mal, além de, claro, escapar para reencontrar os amigos.

Mother Talzin em ‘Lego Star Wars: Contos Aterrorizantes’. Imagem: Lucasfilm Ltd.

O elenco de voz de ‘Lego Star Wars: Contos Aterrorizantes’ tem Jake Green como Poe Dameron; Raphael Alejandro como Dean; Dana Snyder como Graballa, o Hutt; Tony Hale como Vaneé; Christian Slater como Ren; Trevor Devall como o Imperador Palpatine; Mary Elizabeth McGlynn como NI-L8; e Matt Sloan como Darth Vader.

O roteiro é de David Shayne, que trabalhou ainda como produtor executivo junto a James Waugh, Josh Rimes, Jacqui Lopez, Jill Wilfert, Keith Malone, Jason Cosler e Jennifer Twiner McCarron. Daniel Cavey e Dan Langlois são os produtores. Os serviços de produção são realizados por Atomic Cartoons. A animação é dirigida por Ken Cunningham.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post ‘Lego Star Wars: Contos Aterrorizantes’ ganha data para chegar ao Disney+ apareceu primeiro em Olhar Digital.

Demorou, mas chegou. O androide mais querido da franquia Star Wars finalmente virou um animal de estimação. Bom, pelo menos um digital, no Tamagotchi. A versão do bichinho virtual com o R2-D2 começa a ser vendida no dia 11 de novembro.

O R2-D2 em Tamagotchi será disponibilizado em duas cores, sendo um modelo azul e outro azul translúcido. O primeiro se assemelha ao chassi do famoso androide. Já o segundo é uma ode às duas décadas do brinquedo.

Leia mais:

A experiência de jogo é bem similar ao dos outros Tamagotchis. Em uma tela LCD de 24 x 30 pixels e três botões físicos, o R2-D2 de estimação pode ser treinado em 19 habilidades diferentes. O “tutor” também precisa cuidar do androide o carregando e limpado-o para manter o pet feliz. Há ainda nove mini-games.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Star Wars provou ser uma franquia atemporal e que os fãs estão ansiosos para continuar explorando, o que torna uma emoção absoluta ser capaz de incorporá-lo à experiência do Tamagotchi. O Tamagotchi R2-D2 é uma colaboração épica de fazer parte e mal podemos esperar para ver como os fãs da franquia reagirão a este dispositivo de outro mundo”, disse Takayoshi Oyama, gerente da Equipe de Gestão de Negócios da Bandai.

O pet eletrônico vem na cor branca (foto) e azul. Imagem: Divulgação

Este é o primeiro Tamagotchi oficial com o R2-D2. Mas, em 1997, a Tiger Electronics lançou um Giga Pet com o androide de Star Wars como protagonista, além de outros dois modelos licenciados da franquia, com Yoda e Rancor. Ainda não dá para saber se o novo e oficial é mais avançado tecnologicamente ou materialmente que a versão de quase 25 anos.

O preço cogitado do modelo antigo varia entre US$ 35 (cerca de R$ 180) e US$ 50 (cerca de R$ 260), no eBay. Os novos devem ter valores mais acessíveis. A Tamagotchi ainda não anunciou o preço do bichinho de bolso com o R2-D2, mas os atuais modelos dos pets eletrônicos custam cerca de US$ 25 (R$ 130). Eles já podem ser encomendados em pré-venda.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post R2-D2 vira um animal de estimação no Tamagotchi apareceu primeiro em Olhar Digital.

Usuários das redes sociais voltaram suas atenções para uma foto capturada pela sonda espacial Perseverance em Marte. Na imagem, é possível ver um pequeno objeto enterrado no solo. A curiosidade fica por sua semelhança com a base de um sabre de luz, arma da famosa produção “Star Wars”.

Com bom humor, a Nasa, por meio do perfil oficial do Perseverance no Twitter, explicou em uma thread o que era o objeto. “O que é essa coisa e por que ela está cravada numa pedra de Marte? (E não, não é um sabre de luz). Deixa eu explicar”, tuitou.

Segundo informações da Nasa, o objeto é uma broca instalada num buraco feito pela própria sonda e faz parte da missão da agência em Marte. A maioria das dez brocas levadas ao o planeta vermelho será usada para coletar amostras locais. Já o “sabre de luz” ficará instalado no solo para ajudar os pesquisadores na busca por pistas escondidas dentro das rochas.

Leia também

Satélite da ESA não encontrou metano em Marte, mas o gás ainda pode estar lá

O Trace Gas Orbiter, satélite projeto europeu desenvolvido em parceria com a agência espacial russa (Roscosmos), não encontrou nenhum sinal de metano na atmosfera de Marte — ou mesmo qualquer outro componente químico derivativo dele, que poderia ser um indício da presença de vida no planeta vermelho.

A espaçonave chegou em Marte em meados de 2016, apontando três instrumentos de análise e captura de informações à atmosfera do planeta em busca de sinais de vida na presença de gás metano, bem como outros componentes reagentes à luz do Sol, etano ou etileno.

Entretanto, mesmo com dois anos e meio de coleta bruta de dados pelo instrumento conhecido como ACS, além de um ano de informações obtidas por outro instrumento — o NOMAD —, não houve qualquer incidência dos gases buscados, segundo um comunicado emitido pela Agência Espacial Europeia (ESA) junto da Roscosmos russa. Mais além, um terceiro time a serviço desta parceria estava buscando outro indicador de vida — especificamente, a fosfina —, mas também acabou de mãos vazias.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Objeto fotografado em Marte parece um sabre de luz, de ‘Star Wars’; Nasa explica apareceu primeiro em Olhar Digital.

Quem acompanha a franquia ‘Star Wars‘ já está acostumado com a ideia de que Jango Fett, pai de Boba Fett, foi a matriz para a criação do exército de clones. Mas, antes da chegada de ‘O Império Contra-ataca’ aos cinemas, Lando Calrissian quase foi um clone.

Com o sucesso do primeiro filme, ‘Uma Nova Esperança’, em 1977, a sequência logo começou a ser desenvolvida, no ano seguinte. O primeiro rascunho do roteiro ficou a cargo da escritora Leigh Brackett, com a introdução de personagens familiares, como uma irmã de Luke, Yoda e o próprio Lando.

Leia mais:

Mas, no texto da roteirista, havia diferenças fundamentais. Luke teria mesmo uma irmã, mas ela não seria Leia. Yoda se chamava Minch. E o ex-contrabandista, apostador e administrador da Cidade das Nuvens seria um clone.

Tanto a caracterização quanto o cenário que apresentaram Lando aos espectadores passaram por diversas mudanças, além da origem como clone. O rascunho incluía uma cena em que Han Solo explicava a Leia que era amigo de Lando.

No diálogo, o piloto contava à princesa que achava que a família de Lando era refugiada das Guerras Clônicas e citava que viajaram juntos. Apenas a parte do personagem interpretado por Billy Dee Williams ter sido um contrabandista ficou para o roteiro final.

O sobrenome de Lando seria Kadar e ele teria o título de barão. Ele então receberia Han, Leia, Luke e os dois androides acompanhado de uma mulher chamada Ethania Eredith. Depois que C-3PO fosse desmontado, Leia começaria a desconfiar das origens de Lando e questionaria Han se ele era um clone.

Lando Calrissian
A cena da traição de Lando Calrissian já estava no primeiro rascunho do roteiro e chegou ao texto final de ‘Star Wars: O império Contra-ataca’. Imagem: Reprodução

“Não sei, ele nunca me contou. Nunca pensei nisso. O que é tudo isso, afinal?”, responderia Han. A caminho do jantar com o amigo, Lando revelaria a verdade. “Sim. Sou um clone. Da família Ashardi. Meu bisavô queria muitos filhos e os produziu a partir das células de seu próprio corpo… Mas desde as guerras, não restaram muitos de nós e tentamos não chamar a atenção”, revelaria.

A traição de Lando já estava no primeiro rascunho e chegou às telonas. Outras mudanças do primeiro rascunho do roteiro para o texto final de ‘Star Wars – O Império Contra-ataca’ incluíam um nome diferente para a Cidade das Nuves. Lá, ela se chamaria Cidade Orbital de Hoth. Depois, Hoth virou o planeta gelado com a base Rebelde no começo do filme.

Infelizmente, a escritora Leigh Brackett morreu apenas dois meses depois de entregar o primeiro rascunho do roteiro do filme, vítima de um câncer. George Lucas escreveu mais dois rascunhos e eliminou a história do ex-contrabandista. Lawrence Kasdan se juntou ao trabalho e ajudou com a versão final.

Mesmo com o roteiro de Brackett não entrando como um todo, algumas ideias da escritora ficaram até o final, como a traição de Lando com Darth Vader à mesa de jantar. Além disso, a ideia dos clones foi usada na trilogia prequela e seguiu em ‘Star Wars: The Clone Wars’, com o soldado desertor Cut Lawquane.

Via: CBR

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Lando Calrissian quase foi primeiro clone em ‘Star Wars’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

É bem verdade que ao pensar no nome de Mark Hamill, a primeira coisa que vem à mente dos fãs é sua icônica interpretação de Luke Skywalker nos filmes da franquia ‘Star Wars‘. Mas, além de colocar seu rosto nas telas, o ator de 69 anos também empresta a voz a diversos personagens.

Seja em dublagem de personagens em live action, animações, programas de televisão ou videogames, a voz de Hamill está lá. O mais conhecido pelos fãs é o Coringa, em episódios da série animada do ‘Batman’. O site norte-americano ScreenRant fez uma lista de 15 dos personagens do ator.

Leia mais:

Esqueleto (Mestres do Universo: Salvando Eternia)

A próxima série ‘Mestres do Universo’, da Netflix, terá Mark Hamill como o Esqueleto, vilão icônico do desenho do He-Man. Na versão original, dos anos 1980, Frank Welker quem deu a voz a Esqueleto.

Art Rosenbaum (Invincible)

A animação ‘Invincible’, do Amazon Prime Video, tem Hamill como Art Rosenbaum. O personagem tem um papel menor, mas é importante para a história, fornecendo uniformes para os super-heróis.

Boolio (A Ascenção Skywalker)

O eterno Luke Skywalker não é o único personagem de ‘Star Wars‘ interpretado por Mark Hamill. No episódio IX, o ator dublou Boolio, que aparece brevemente no começo do filme, em uma cena Finn e Poe e é um agente da Resistência.

Além de Luke, Mark Hamill foi a voz de Dobbu Scay na franquia Star Wars. Imagem: Reprodução

Dobbu Scay (Os Últimos Jedi)

E não foi só Boolio e Luke. No oitavo filme de ‘Star Wars‘, Hamill dublou Dobbu Scay, um personagem no cassino Canto Bight, que faz uma pequena ponta, em uma cena memorável. Ele tenta usar o android BB-8 como caça-níqueis.

Arnim Zola (Ultimate Homem-Aranha)

Um dos vilões da Fase 1 do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) é Arnim Zola. Ele também aparece no desenho ‘Ultimate Homem-Areia’, com a voz de Mark Hamill, que voltou na série animada ‘Os Vingadores Unidos’.

The Hobgoblin (Homem-Aranha, série animada)

Hamill chegou a outros supervilões, além do Coringa, como o Hobgoblin, no desenho animado do Homem-Aranha, dos anos 1990. Ele também esteve em ‘O Incrível Hulk’ como Gargoyle, Máximo em ‘Quarteto Fantástico’ e Klaw, em ‘Os Vingadores: Os Super-Heróis mais Poderosos da Terra’.

Corey Anders (Jeannie)

No spin-off animado de ‘Jeannie é um gênio’, Mark Hamill deu voz ao adolescente Corey Anders, primeiro papel do ator na dublagem. O desenho da Hanna-Barbera, porém, só durou uma temporada.

Mestre do fogo Ozai (Avatar: O Último Mestre Do Ar)

Em ‘Avatar: o Último Mestre do Ar’, o ator também marcou presença. Lá, ele foi Ozai, senhor do fogo e governante da Nação do Fogo, principal vilão da série e pai de Zuko.

Rei Esqueleto (Super Robot Monkey Team Hyperforce Go!)

Na série estilo anime ‘Super Robot Monkey Team Hyperforce Go!’, Mark Hammil foi o Rei Esqueleto, que começou como um personagem bom, mas que acabou se deixando levar e se tornou um vilão.

Skips (Apenas um Show)

Mark Hamill dublou diversos personagens no desenho animado ‘Apenas um Show’, sendo o principal deles Skips, o abominável homem das neves que é zelador. Ele também é Mordecai e Rigby.

O Coringa (Frango Robô)

Além de ser o Coringa na série animada ‘Batman’, Mark Hamill voltou ao personagem em outros desenhos, como em ‘Frango Robô’. Ele também trabalhou como outros personagens da série.

SkekTek (‘O Cristal Encantado: A Era da Resistência’)

Em 2019, o ator encarnou SkekTek na prequela de ‘The Dark Crystal’. Mas, a série acabou cancelada pela Netflix.

Chucky - Brinquedo Assassino
Mark Hamill foi o Chucky em 2019. Imagem: Reprodução

Chucky (Brinquedo Assassino)

Na versão de 2019 de ‘Brinquedo Assassino’, Mark Hamill fez a voz do boneco Chucky.

Mestre Eraqus (Kingdom Hearts)

Quando o assunto é videogame, Mark Hamill inclui em seu currículo de dublagens o personagem Mestre Eraqus, em dois jogos da franquia ‘Kingdom Hearts’.

Narrador (Call Of Duty 2: Big Red One)

Para completar a lista, há ainda a narração de um jogo. Mark Hamill narrou o game ‘Call of Duty 2: Big Red One’, título que se apresenta como um documentário de vários capítulos entrelaçados.

Via: ScreenRant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Veja 15 personagens dublados por Mark Hamill apareceu primeiro em Olhar Digital.