Auto Added by WPeMatico

O ‘Minecraft’ tem, entre seus modos, um criativo, que permite aos jogadores usarem a imaginação e construírem o que bem quiserem. E, assim, um jogador do game desenvolvido pelo Mojang Studios vem recriando diversos planetas da galáxia da saga ‘Star Wars’, convergindo o jogo febre entre crianças e adolescentes e a franquia de quase 45 anos de existência.

O jogador, conhecido como Vistachess, divulga o trabalho que vem fazendo no ‘Minecraft’ no fórum Reddit. Lá, ele publicou diversas capturas de tela de toda a construção que vem realizando sozinho (ou sozinha?). O usuário também disponibiliza um link para download.

Leia mais:

Na última quinta-feira (9), o jogador publicou as imagens de Tatooine, planeta deserto que serviu de lar para Anakin e Luke Skywalker e Obi-Wan Kenobi durante ‘Star Wars’, e de Coruscant, a capital da República e, em seguida, do Império. No post, Vistachess disse que passou um ano na construção como parte de seu mapa de aventura em mundo aberto singleplayer.

Ele/ela ainda deixou dois vídeos do progresso no YouTube. Pelo tempo que ele levou para fazer dois planetas, os outros devem demorar ainda a chegar à página do jogador no Reddit. Agora, pela última publicação de Vistachess no fórum, o construtor de ‘Minecraft’ está trabalhando no planeta Naboo, local de origem da rainha, e depois senadora, Padmé Amidala.

Vistachess não é o primeiro jogador a usar o ‘Minecraft’ para reconstruir mundos da ficção. A comunidade de construtores do jogo já colocou a Terra Média, onde se passa a maioria dos contos de J. R. R. Tolkien, nos formatos cúbicos do game. ‘Doom’, ‘Half-Life’, ‘The Witcher, ‘Stardew Valley’ e até o mapa completo de ‘Breath of the Wild’, título de 2017 da franquia ‘A Lenda de Zelda’ também entraram no jogo.

Confira a galeria de ‘Star Wars’ no ‘Minecraft’:

Via: PC Gamer

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Jogador de ‘Minecraft’ recria planetas de ‘Star Wars’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

O primeiro título de ‘Gran Turismo’ chegou em 1997, exclusivamente para o primeiro console PlayStation. De lá para cá, foram sete títulos na série principal, sendo seis sequências e versão ‘Sport’. Agora, mais uma vez exclusivamente para os consoles da Sony, o ‘Gran Turismo 7’ já tem data de lançamento: 4 de março de 2022.

“Ainda me lembro claramente da inexplicável ansiedade e emoção daquele dia quando apresentamos o primeiro jogo ‘Gran Turismo’ ao mundo pela primeira vez no console PS1 original. Com a mesma inexplicável sensação de entusiasmo, estou feliz em informar que ‘Gran Turismo 7’ estará disponível em 4 de março de 2022, simultaneamente nos consoles PS5 e PS4”, escreveu Kazunori Yamauchi, presidente da Polyphony Digital, no blog do PlayStation.

Leia mais:

A ideia do novo game é transmitir 150 anos de cultura automobilística e de corrida, tanto para fãs antigos como para aqueles que estão descobrindo agora as pistas. Ele promete oferecer ainda o melhor das experiências da franquia, como o retorno do modo campanha (online), com um modo recém-projetado.

O editor para os carros deve ter uma melhora na interface do usuário, tanto de utilidade quanto de acessibilidade. Há ainda um melhor jeito de fazer capturas de imagem, com fotos realistas usando tecnologia HDR (em telas compatíveis), efeitos avançados e fotos panorâmicas, nos 43 países e mais de 2,5 mil locais.

Gran Turismo
O jogo ‘Gran Turismo 7’ terá um espaço destacado para carros usados. Imagem: Divulgação

E, obviamente, os lendários circuitos. O Trial Mountain e o High-Speed Ring estão de volta, quando o jogador estiver online. Outro detalhe reforçado na divulgação do novo ‘Gran Turismo’ é como ele foi projetado para ser um “jogo de coleta de carros”, mais do que o anterior.

A personalização de carros é mais uma função destacada no anúncio da data do novo título da franquia e também as mudanças no tempo e clima, mostrando as complexidades da natureza no videogame. Detalhes extras de ‘Gran Turismo 7’ são prometidos nas próximas semanas.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post ‘Gran Turismo 7’ já tem data oficial para chegar aos PlayStation 4 e 5 apareceu primeiro em Olhar Digital.

A plataforma de distribuição digital de jogos GOG.com adicionou seis jogos clássicos de ‘Star Trek’ ao catálogo. A franquia criada por Gene Roddenberry completou 55 anos nesta quarta-feira (8). Em 8 de setembro de 1966, o episódio ‘Tempo de Loucura’ (‘The Man Trap’) foi ao ar na NBC em um bloco de prévia das séries que viriam na programação do canal.

Os títulos adicionados à plataforma são, obviamente, uma comemoração da data. Além disso, o ano de 2021 marca também o centenário de Roddenberry. Em todos esses anos, foram 11 séries de TV e streaming e 13 filmes de sucesso, tornando ‘Star Trek’ uma das maiores e mais reconhecidas franquias do entretenimento ocidental. Há ainda livros, quadrinhos e brinquedos.

Leia mais:

E há, claro, a fronteira final… Ou melhor, os videogames. A era de ouro dos games baseados na série começou no final dos anos 1990 e início dos anos 2000. Infelizmente, alguns dos títulos ficaram indisponíveis e se tornaram impossíveis de jogar em equipamentos mais modernos. Agora, pela primeira vez, tais jogos são distribuídos digitalmente.

Antes de listar os títulos, a GOG.com destacou que os seis games recém-chegados ao catálogo estão atualizados e são capazes de rodar sem problemas no Windows 10. Parte deles oferece também uma função multijogador (em LAN).

Star Trek: Voyager – Elite Force (2000)

Desenvolvido pela Raven Software e publicado pela Activision, o game torna o jogador um oficial de segurança a bordo da USS Voyager, na unidade especial Hazard Team. Com os companheiros de tripulação, controlados por inteligência artificial, o personagem vai enfrentar missões perigosas, incluindo lutas contra borgs. Ainda é possível explorar a nave e interagir com a tripulação.

USS Voyager - star trek
A USS Voyager é o palco do jogo ‘Star Trek: Voyager – Elite Force’. Imagem: Divulgação

Star Trek: Elite Force II (2003)

O game da Ritual Entertainment e publicado pela Activision é de tiro em primeira pessoa, com motor Quake III Arena, levando visuais aprimorados e considerado um dos jogos mais bonitos. São várias missões para completar, com o personagem transferido para servir na Enterprise-E, recebendo ordens do capitão Jean-Luc Picard.

Star Trek: Hidden Evil (1999)

Neste game, é possível também ajudar o Capitão Picard e e o Tenente-Comandante Data, com Patrick Stewart e Brent Spiner reprisando seus papéis. O jogo desenvolvido pelo Presto Studios e publicado pela Activision é uma aventura em terceira pessoa, com o jogador assumindo o papel de Ensign Sovok.

Star Trek: Away Team (2001)

O título leva os jogadores à execução de operações especiais em novos planetas. Um jogo tático isométrico baseado em turnos influenciado por títulos como ‘Commandos’ e a série ‘X-Com’. Ele foi feito pela Reflexive Entertainment e também publicado pela Activision.

Star Trek: Starfleet Command III (2002)

O jogador atua em uma campanha da história como um capitão Klingon, Romulano ou da Federação. É preciso personalizar a nave e liderá-la em batalhas espaciais enquanto descobre um enredo em torno da construção da primeira estação espacial da Federação Klingon.

Star Trek: Bridge Commander (2002)

O jogo é tido pelo GOG.com como o mais envolvente de ‘Star Trek’. O jogador é colocado na cadeira do capitão, com uma equipe a postos. No título, o combate não é o foco principal, mantendo o personagem por mais tempo em contato com a tripulação, gerenciando a nave, explorando o espaço, ajudando colônias em perigo e conduzindo negociações diplomáticas.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Seis jogos clássicos de ‘Star Trek’ são atualizados para rodar em Windows 10 apareceu primeiro em Olhar Digital.

Há quase 40 anos, em 1982, a Microsoft lançou o primeiro título da série de jogos ‘Flight Simulator’. Uma década depois, a Nintendo colocou o primeiro título do ‘Mario Kart’ no mercado. Agora, o modder Illogicoma resolveu juntar os dois games em um e levou as pistas de kart de desenho animado ao simulador de voo hiper-realista.

“Então, achei que as pistas de ‘Mario Kart 8’ seriam divertidas também de jogar no ‘Flight Simulator’, então eu coloquei as pistas de ‘Mario Karl 8’ dentro do ‘Flight Simulator’ e joguei. E era verdade (seriam divertidas)”, escreveu o modder, em sua conta no Twitter.

Leia mais:

Illogicoma explicou que customizar o mod foi um pouco complicado e contou com ajuda. Normalmente, o game da Microsoft lida bem com a interpretação de objetos e pontos de referência do mundo real. Foi na mais recente versão de ‘Microsoft Flight Simulator’, lançada em 2020, que o modder realizou a façanha com outro game.

O ‘Mario Kart’ mais atual, o ‘Tour’, é de 2019. Mas, Illogicoma usou o oitavo lançamento, jogo de 2014. Ele pegou os modelos de pista no site The Models Resource e complementou a personalização com um Blender2MSFS. Isso quer dizer que o modder inseriu os modelos no Blender 3D Creation Suite e produziu as pistas de corrida mágicas para voar.

O vídeo com o gameplay de ‘Flight Simulator’ usando as pistas de ‘Mario Kart 8’ foi publicado no canal e Illogicoma no YouTube. Como há diversos outros momentos, vale adiantar a publicação até as 3 horas e 26 minutos, para chegar no mod.

É bom lembrar que o mod é bem rustico. Os objetos do jogo da Nintendo estão flutuando no ar e não há colisão, sendo possível voar por eles se o piloto assim desejar. É apenas um jeito de se divertir voando sobre o mapa com dados de satélite.

Via: Kotaku

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post ‘Mario Kart’ ganha mod em ‘Flight Simulator’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

Demorou, mas chegou. O androide mais querido da franquia Star Wars finalmente virou um animal de estimação. Bom, pelo menos um digital, no Tamagotchi. A versão do bichinho virtual com o R2-D2 começa a ser vendida no dia 11 de novembro.

O R2-D2 em Tamagotchi será disponibilizado em duas cores, sendo um modelo azul e outro azul translúcido. O primeiro se assemelha ao chassi do famoso androide. Já o segundo é uma ode às duas décadas do brinquedo.

Leia mais:

A experiência de jogo é bem similar ao dos outros Tamagotchis. Em uma tela LCD de 24 x 30 pixels e três botões físicos, o R2-D2 de estimação pode ser treinado em 19 habilidades diferentes. O “tutor” também precisa cuidar do androide o carregando e limpado-o para manter o pet feliz. Há ainda nove mini-games.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Star Wars provou ser uma franquia atemporal e que os fãs estão ansiosos para continuar explorando, o que torna uma emoção absoluta ser capaz de incorporá-lo à experiência do Tamagotchi. O Tamagotchi R2-D2 é uma colaboração épica de fazer parte e mal podemos esperar para ver como os fãs da franquia reagirão a este dispositivo de outro mundo”, disse Takayoshi Oyama, gerente da Equipe de Gestão de Negócios da Bandai.

O pet eletrônico vem na cor branca (foto) e azul. Imagem: Divulgação

Este é o primeiro Tamagotchi oficial com o R2-D2. Mas, em 1997, a Tiger Electronics lançou um Giga Pet com o androide de Star Wars como protagonista, além de outros dois modelos licenciados da franquia, com Yoda e Rancor. Ainda não dá para saber se o novo e oficial é mais avançado tecnologicamente ou materialmente que a versão de quase 25 anos.

O preço cogitado do modelo antigo varia entre US$ 35 (cerca de R$ 180) e US$ 50 (cerca de R$ 260), no eBay. Os novos devem ter valores mais acessíveis. A Tamagotchi ainda não anunciou o preço do bichinho de bolso com o R2-D2, mas os atuais modelos dos pets eletrônicos custam cerca de US$ 25 (R$ 130). Eles já podem ser encomendados em pré-venda.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post R2-D2 vira um animal de estimação no Tamagotchi apareceu primeiro em Olhar Digital.

Um robô feito em impressora 3D conseguiu vencer a primeira fase do jogo “Super Mario Bros.”, da Nintendo. A tarefa não é das mais complicadas, mas o objetivo dos engenheiros nem é criar um super jogador de games!

O projeto é parte da subdivisão de “soft robotics” da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, conhecida por fugir das construções tradicionais e inventar robôs com componentes flexíveis, que imitam atribuições físicas encontradas em tecidos de animais.

É o caso do projeto atual, que apresenta uma mão com três dedos, com destreza suficiente para manipular os botões e o controle direcional de um joystick.

Segundo a universidade, há inúmeras vantagens no uso de materiais flexíveis: imagine um robô cujo corpo inteiro é maleável a ponto de se enfiar em aberturas menores, na busca de vítimas de desastres como desabamentos ou terremotos. Isso sem falar nas possibilidades de usos como próteses de membros perdidos ou aplicações da biomedicina.

Ao contrário de outras pesquisas do tipo, os criadores decidiram socializar os desenhos do robô que venceu Super Mario, para que qualquer um possa baixar os arquivos, modificar sob demanda e imprimir em 3D. Segundo eles, o custo para esse tipo de produção seria de aproximadamente 100 dólares, com o software que eles próprios utilizaram via GitHub.

O objetivo principal é aumentar o volume de pesquisas e trabalhos como esse, para ter aplicações úteis em um futuro próximo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Técnica multiuso: robô impresso em 3D joga Super Mario Bros. apareceu primeiro em Olhar Digital.

O Super Nintendo Entertainment System, conhecido como SNES ou apenas Super Nintendo, foi originalmente lançado em 1990 no Japão, mas só chegou à América do Sul três anos depois. O console, primeiro a apresentar gráficos de 16 bits, é um clássico e recebeu diversos jogos igualmente icônicos. Ele também teve títulos de menor expressão, mas não por isso menos divertidos. Vamos lembrar 10 desses games!

Leia mais:

Final Fantasy V

A franquia já é um ícone por si só. Mas, o quinto título não tem a mesma atenção que o ‘Final Fantasy IV’ e o ‘Final Fantasy VI’. Ele é, basicamente, o filho do meio esquecido. O título é bastante personalizável e permite que os jogadores trainem os personagens como acharem melhor, além de formar as próprias estratégias.

Fire Emblem: Seisen no Keifu

O jogo é o quarto título da franquia ‘Fire Emblem’, um RPG tático estelar. Ele, porém, só foi lançado oficialmente no Japão, o que dificultou a acessibilidade. A história abrange duas gerações de personagens e conta com uma escrita envolvente.

Zombies Ate My Neighbors

No modelo clássico de ação, o tem a forma de um run-and-gun para dois jogadores, desenvolvido pela LucasArts, fundada por George Lucas e que publicava a maior parte dos games baseados em ‘Star Wars’. O game está disponível atualmente para o Nintendo Switch.

‘Zoombies Ate My Neighbors’ está disponível para Switch. Imagem: Reprodução

Kirby’s Dream Course

De outra franquia conhecida, o título é um jogo subestimado. O jogo é bastante agitado, mas promete profundidade com uma variedade de power-ups e mecânicas exclusivas.

Joe & Mac

Este jogo oferece um modo de cooperação. Ele pode ser totalmente jogado por dois jogadores em um típico game de plataformas pré-histórico.

Saturday Night Slam Masters

Um game de luta pro-wrestling lançado em 1993. O título se passa no universo compartilhado de ‘Street Fighter’ e ‘Final Fight’, com Mike Haggar como um dos personagens. Quanto à jogabilidade, o título é um híbrido de luta livre tradicional e um jogo de luta.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Goof Troop

Outro jogo cooperativo subestimado. Ele é baseado no desenho animado de mesmo nome, do Pateta, da Disney. Os jogadores precisam resolver quebra-cabeças com a ajuda de outro jogador.

Captain Commando

Um dos jogos da Capcom com menos destaque. O jogo é um beat-em-up de estilo arcade estrelado pelo ex-mascote da desenvolvedora. Ele se situa na mesma linha do tempo de ‘Street Fighter’.

Weaponlord

Lançado em 1995, o jogo de luta apresenta mecânicas inovadoras. Baseado em armas, o título pavimentou o caminho para outros que seguiram, com uma jogabilidade também à frente do seu tempo.

Sailor Moon S

O jogo de luta baseado em ‘Sailor Moon’ só foi lançado no Japão. Com design moderno, ele tem uma jogabilidade justa e equilibrada. Cada personagem do game tem seus próprios especiais.

Via: Game Rant

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Os 10 jogos mais subestimados de Super Nintendo apareceu primeiro em Olhar Digital.

Parece que o rapper brasileiro Emicida vai ser mais um nome a colaborar com o jogo ‘Fortnite‘, da desenvolvedora Epic Games. O nome cantor está em uma lista vazada de possíveis colaborações de artistas musicais com o popular game.

O nome de Emicida aparece em uma lista, vazada por ShiinaBR, ao lado de outros nomes famosos, como Mariah Carey, Jennifer Lopez, Tiesto, Cardi B, Selena Gomez, Ed Sheeran e vários outros.

Leia mais:

ShiinaBR explicou que a Epic Games, no sábado (25), enviou um e-mail de pesquisa pedindo opinião sobre diversos personagens, pessoas e franquias. Em sua conta no Twitter, publicou os nomes mais interessantes. ShiinaBR ainda acrescentou que o personagem Guggimon, que chegou na Temporada 7 BP também estava em um desses e-mails.

O ‘Fortnite’ é amplamente conhecido por suas colaborações. Recentemente, o jogo de tiro já incluiu heróis e vilões tanto da Marvel quanto da DC e também personagens de Star Wars. Neste mês de julho, o jogador de basquete LeBron James chegou ao game.

Na lista vazada, há nomes que já apareceram no jogo e outros que podem ser novidades. Alguns dos listados também já foram mencionados nos documentos da disputa judicial entre a Epic Games e a Apple.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Há ainda outra novidade publicada pelos famosos vazadores de ‘Fortnite’. Hypex citou a possibilidade de outra colaboração de ‘The Walking Dead’ com o game para a temporada disponibilizada no próximo mês.

“Um planador já está em construção e parece que terá tochas/fogo nele, e é provavelmente também por isso que eles não trouxeram outros personagens icônicos na primeira colaboração”, explicou o vazador, no post.

No ano passado, Daryl Dixon e Michonne chegaram ao ‘Fortnite’. A nova colaboração deve ter outros personagens da série que já dura mais de uma década. Já a 11ª temporada do jogo está programada para o dia 22 de agosto.

Via: Gamespot

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Emicida pode fazer colaboração com ‘Fortnite’ apareceu primeiro em Olhar Digital.

O ‘The Sims’ seque uma franquia atual e o game simulador, em sua quarta edição, ganha mais uma expansão. Dessa vez, é uma experiência rural que espera os jogadores em ‘Vida Campestre’, com uma nova cidade, Henford-on-Bagley, além das famílias prontas para aqueles que já querem chegar jogando.

A cidade é descrita pela EA Games, desenvolvedora, como um lugar acolhedor onde todos se conhecem. “Vá até o pub com o teu bastidor de madeira e cesto de piquenique para conhecer os locais e saber mais sobre a história da cidade”, incentiva a divulgação do jogo.

A expansão já está à venda. Imagem: EA Games/Divulgação

Leia mais:

Ainda entre as principais características do jogo está a criação de animais e até a amizade com os bichinhos. Na expansão ‘Vida Campestre’, o leite fresco fornecido pelas vacas é aromatizado, “enquanto as galinhas põem ovos no galinheiro”, explica a EA.

Há ainda coelhos selvagens na floresta, além de raposas e pássaros. Ao ganhar a confiança dos animais, o jogador recebe presentes ocasionais e ainda ajuda na horta.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Outro detalhe destacado pela desenvolvedora EA Games é a possibilidade de viver da terra. Entre os desafios do leta, está a necessidade de ter ingredientes frescos para cada refeição. “Cultiva os ingredientes, visite o mercado da aldeia, ou procure-os no campo para os obter. Participe com qualquer colheita de tamanho gigante na competição da Feira de Finchwick”, sugere a divulgação.

O novo pacote de expansão de ‘The Sims 4’ pode ser jogado em PlayStation 4, PlayStation 5, Xbox One, Xbox Series X e no computador, além das plataformas digitais Steam e Origin. Os preços variam. Na Steam e na Origin, ‘Vida Campestre custa R$ 159. Já nas lojas dos consoles o game fica por R$ 199, no da Microsoft, e R$ 198,90, no da Sony. Vale lembrar que é preciso ter o jogo base para rodar a expansão.

Via: CNet

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post ‘Vida Campestre’, expansão de ‘The Sims 4,’ já está disponível apareceu primeiro em Olhar Digital.

O jogo ‘Fortnite’ sempre leva para os jogadores novidades. A mais recente, por exemplo, foi a inclusão do astro do basquete LeBron James. Agora, a desenvolvedora Epic Games anunciou a parceria com a Ferrari. Dentro do game, os jogadores vão poder realizar o sonho de dirigir um modelo do esportivo italiano.

O super-carro adicionado ao ‘Fortnite’ é a Ferrari 296 GTB, veículo que, no mundo real, existe em uma versão híbrida plug-in. O veículo já está disponível a partir desta quinta-feira (22) e é totalmente tripulável dentro do jogo.

Leia mais:

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Mas, a Ferrari não estará no game somente a passeio (desculpe). As tarefas épicas da semana vão testar os jogadores no volante da 296 GTB. De acordo com a Epic Games, é preciso concluir as provas de tempo da Ferrari, alcançar a velocidade máxima em um carro da montadora de luxo italiana e atravessar a tempestade dirigindo o super-carro.

Além do automóvel, chega ao jogo um pacotão Ferrari. Os fãs da montadora terão à disposição novas adições na Loja de Itens. “O Pacotão Ferrari inclui os Trajes Ícone Modena e Piloto Maranello, além do Acessório para as Costas Ferrari Turbo”, diz a divulgação do ‘Fortnite’.

fortnite-ferrari-bundle-maranello

Além do carro, há um Pacotão Ferrari no game. Imagem: Epic Games/Divulgação

Outros jogos

O título da Epic Games não é o primeiro a acrescentar um carro real ao mundo virtual. Na última quinta-feira (15), o game ‘PUBG Mobile’ recebeu a atualização 1.5, que conta com uma parceria com a Tesla.

A montadora de veículos elétricos instalou Gigafábricas em quatro localidades pelo mapa do jogo, que podem ser acessadas pelos jogadores. Eles ainda conseguem assistir à produção de um Tesla Model Y do início ao fim.

Dentro do game é possível testar o recurso de piloto automático disponível em todos os veículos da marca. Nas estradas rurais, um Tesla Semi autônomo surge aleatoriamente e percorre automaticamente rotas específicas. Ao atacá-lo, é possível obter suprimentos de combate.

 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Ferrari 296 GTB chega ao ‘Fortnite’ apareceu primeiro em Olhar Digital.