Arthur, João e Pocah estão no décimo terceiro paredão triplo que terá um dos participantes eliminados do Big Brother Brasil nesta quinta-feira (22). Para votar no BBB 21 é preciso fazer uma conta Globo na qual o cadastro é simples e gratuito, ou fazer com uma conta do Facebook ou do Google.

Se for seu primeiro cadastro, você receberá um e-mail para confirmação e ativação da sua Conta Globo. A partir daí poderá votar durante toda a temporada do reality show.

Clique aqui para votar no paredão entre Arthur, João Luiz e Pocah.

A página do Big Brother Brasil no Gshow indica que a conexão à internet deve estar boa para garantir a conclusão do voto e que o sistema de votação utilizado no BBB e demais reality shows da Globo possui mecanismos de segurança e de monitoração.

Menores entre 8 e 16 anos precisam indicar um responsável para autorizar a continuidade do acesso à conta Globo. Este procedimento se faz necessário devido ao processo de adequação com a Lei Geral de Proteção de Dados (Lei nº 13.709/2018).

De acordo com a emissora, diferentes fatores são combinados para garantir a segurança da votação. As equipes de tecnologia também acompanham o funcionamento do sistema de votação durante todo o período em que o paredão fica aberto.

“Não temos nenhum indício de votos realizados por robôs, ou quaisquer outros mecanismos de fraude, que impactem a dinâmica do programa. Qualquer tentativa de automação de votos estaria sujeita às validações de controle e segurança, que são aplicadas no processamento de cada um dos votos”, informa a Globo.

Leia mais:

Após mudar o sistema de verificação contra votos por robôs, a TV Globo anunciou no dia 23 de março que a disputa entre Carla Diaz, Fiuk e Rodolfo bateu o recorde de maior número de votos em um espaço de 60 segundos, com quase 3 milhões.

“Dois milhões novecentos e oitenta e oito mil votos em sessenta segundos! Vocês bateram o recorde de novo. Parabéns!”, disse o apresentador Tiago Leifert se dirigindo para a audiência do programa.

A emissora também apresentou dados de audiência. Segundo eles, o reality show já superou a média das oito edições anteriores em São Paulo, com 28 pontos e a maior média de participação semanal da atual temporada. No Rio de Janeiro, as três primeiras semanas superaram a média de audiência e participação das cinco edições anteriores: média de 29 pontos.

Relembre os paredões anteriores do BBB 21:

No primeiro paredão, Kerline saiu com 83,50% dos votos. Sarah recebeu 8,62% e Rodolffo, 7,88%.

No segundo, Arcrebiano foi eliminado com 64,89% dos votos. Juliette teve 33,23% e Gilberto, 1,88%.

No terceiro paredão, Nego Di saiu com o então recorde de rejeição: 98,76%. Sarah recebeu 0,37 dos votos e Fiuk, 0,87%.

No quarto, Karol Conká bateu o recorde de Nego Di e ao ser eliminada com 99,17% dos votos. Arthur teve 0,54% dos votos e Gilberto, 0,29%.

Na quinta semana, Lumena foi a eliminada. A baiana teve 61,31%, contra 37,07% de Projota e 1,62% de Arthur.

Na sexta semana, houve um paredão falso, em que Carla Diaz foi a escolhida para ficar em um quarto secreto com 62,40% dos votos, contra 28,07% de João Luiz, 8,25% de Caio e 1,28% de Arthur.

Na sétima semana, Projota foi eliminado com 91,89%. Thais recebeu 6,72% e Pocah recebeu 1,39%.

Na disputa mais apertada até aqui, Carla Diaz foi a sétima eliminada com 44,96%, apenas 0,51% acima dos 44,45% de Rodolffo. Em terceiro, ficou Fiuk, com 10,59%.

Sarah foi a oitava eliminada com 76,76% dos votos. Rodolffo recebeu 22% e Juliette ficou com apenas 1,24%.

O nono eliminado da disputa foi Rodolffo, que recebeu 50,48% dos votos, contra 44,09% de Caio e 5,43% de Gilberto.

Na décima primeira disputa, Thaís foi eliminada com 82,29% contra 15,78% de Arthur e 1,83% de Fiuk.

Caio foi o décimo primeiro eliminado com 70,22%, contra 27,99% de Fiuk e apenas 1,79% de Gilberto.

Vale lembrar que o participante Lucas Penteado pediu para sair do programa no dia 7 de fevereiro.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Como votar no BBB 21? Paredão tem Arthur, João Luiz e Pocah apareceu primeiro em Olhar Digital.

A taiwanesa MediaTek, responsável por desenvolver processadores para equipamentos eletrônicos e considerada atualmente como a maior fornecedora de chipsets para celulares do mundo, estuda uma mudança significativa na fabricação de seus chips.

A empresa pretende avançar para um processo de fabricação em 3 nanômetros, um salto ainda maior do que o indicado por rumores anteriores, que apontavam que os seus próximos SoCs ainda seriam desenvolvidos em 5 nanômetros.

Segundo o portal asiático MoneyUDN, a companhia será uma das primeiras do mercado a adotar a novidade junto a parceira TSMC (Taiwan Semiconductor Manufacturing Company, multinacional taiwanesa e principal fabricante de chips da indústria de eletrônicos). Além dos novos chips em 3 nanômetros, a MediaTek também deve oferecer semicondutores feitos em 4 nanômetros.

Se de fato isso se confirmar, a empresa vai se juntar a outras gigantes da tecnologia, que buscam processos cada vez mais avançados para a fabricação de seus chips, algo que também será explorado no futuro pela Apple e a sua principal concorrente, a norte-americana Qualcomm.

A especulação da mudança foi o suficiente para a MediaTek receber uma avalanche de pedidos de componentes de várias fabricantes de celulares Android, como a Oppo e a Xiaomi .

Chips habilitados para 5G

Chip ARM da MediaTek
MediaTek pode se tornar um nome importante para o futuro da tecnologia 5G. Imagem: g0d4ather/Shutterstock

A decisão da MediaTek também pode levá-la a se tornar uma importante fornecedora de chipsets compatíveis com a tecnologia 5G para os próximos celulares de ponta. Algo que representaria outro marco na história da empresa, já que esta seria a primeira vez que ela aposta no segmento de celulares topo de linha, antes dominado pela Qualcomm, como uma competidora de peso.

Leia mais:

Por fim, o processo de fabricação em 3 nm, como se trata de uma tecnologia mais avançada, deve impactar no custo final dos próximos chips da MediaTek compatíveis com 5G, que devem subir de US$ 30/35 para US$ 80, o que também vai representar um aumento significativo nas receitas da empresa.

Fonte: MoneyUDN

O post MediaTek pretende adotar a fabricação de chips em 3 nm antes da rival Qualcomm apareceu primeiro em Olhar Digital.

A fintech Hash, especializada em infraestrutura de pagamentos, recebeu o aporte de US$ 15 milhões em uma rodada série B liderada pelo fundo QED Investors e contou também com participação da Canary e da Kaszek.

A QED Investors é uma empresa de capital de risco com sede nos Estados Unidos e é conhecida aqui no Brasil por investir em fintechs como Nubank, Guiabolso, Creditas, Loft e QuintoAndar.

A Hash possui uma tecnologia que possibilita que empresas terceiras ofereçam aos clientes suas próprias soluções financeiras dentro de seus ecossistemas, por meio de maquininhas e soluções de pagamento digital customizáveis.

investimento
O fundo de investimentos QED Investors é conhecido por ter apostado nas fintechs Nubank, Guiabolso e Creditas. Crédito: Shutterstock

Com o investimento, a startup pretende investir o montante para expandir os negócios, bem como ampliar o portfólio de serviços oferecidos – como emissão de cartão de crédito e abertura de conta digital.

Pagamentos digitais

Fundada em 2017, as soluções da Hash reduzem os investimentos iniciais que as empresas podem ter na implementação e custos operacionais em até 95%, de acordo com a startup.

No ano passado, a Hash cresceu mais de dez vezes no primeiro semestre do ano, registrando um total de R$ 300 milhões em transações realizadas por meio da sua plataforma, e mais de 15 mil clientes.

Veja mais!

Para este ano, a expectativa de crescimento da Hash é de R$ 1,5 bilhão processados e, para 2022, a meta é de R$ 8 bilhões.

A Leo Madeiras, por exemplo, é um dos clientes da startup. Com as soluções da Hash, a empresa conseguiu implementar uma conta digital e a máquina de cartão, apelidada de Leozinha, que já é utilizada por mais de 10 mil marceneiros parceiros da varejista no Brasil.

Via: exame

O post Fintech Hash recebe aporte de US$ 15 mi em rodada de investimentos apareceu primeiro em Olhar Digital.

Disney e Facebook comunicaram, nesta terça-feira (20), uma parceria para o compartilhamento de partidas da Conmebol Libertadores deste ano no Brasil. Ambos são detentores dos direitos da competição na América Latina e já têm esse acordo em outros países do continente. De agora em diante, a rede social pode transmitir jogos que eram restritos aos canais de esporte da Disney, e vice-versa, aumentando as opções de consumo dos fãs brasileiros de futebol.

O acordo passa a valer a partir da primeira rodada da fase de grupos. Fox Sports e Facebook transmitirão juntos, nesta quarta-feira (21), o confronto entre Universitário (PER) e Palmeiras, às 21h. A partida seria apresentada somente aos assinantes da Fox Sports. Agora, terá transmissão via Facebook Watch, na página da Conmebol.

Libertadores
Palmeiras é o atual campeão da CONMEBOL Libertadores. / Foto: A.RICARDO/Shutterstock

Já na quinta-feira (22), será a vez do jogo entre Fluminense e River Plate, a partir das 19h, que seria transmitido apenas pelo Facebook. Por causa do acordo, a Fox Sports também ganhou o direito de exibir a partida. A plataforma tem os direitos de transmissão on-line da Libertadores até 2022.

“Com o acordo, vamos trazer mais partidas em mais dias da semana e dobrar o número de transmissões de times brasileiros na fase de grupos no Facebook Watch”, afirma o diretor de Parcerias Esportivas no Facebook para América Latina, Leonardo Lenz Cesar.

Libertadores
Neste ano, canais de esporte da Disney e o Facebook dividem as transmissões dos jogos da CONMEBOL Libertadores. / Imagem: Site da CONMEBOL

Para o head de esportes da The Walt Disney Company Brasil, Carlos Maluf, os clubes também têm vantagem nesse convênio. “Em muitas das semanas, abriremos uma janela inédita às quintas-feiras. Exibiremos até oito jogos da CONMEBOL Libertadores por semana na programação dos nossos canais esportivos, garantindo amplo destaque para as equipes brasileiras”.

Leia mais:

Além da Fox Sports, a Disney possui o canal ESPN, que também oferece uma variedade de conteúdo sobre a maior competição continental de futebol, como o jornalístico SportsCenter e o programa Linha de Passe.

Fontes: Facebook / Disney

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Disney e Facebook fecham parceria para transmissão da Libertadores apareceu primeiro em Olhar Digital.

Os games são, ou pelo menos deveriam ser, um dos ambientes mais inclusivos do mundo. Mas nem sempre a indústria não projeta jogos e equipamentos pensando na diversidade do público.

Porém, nesta terça-feira a Microsoft deu um passo em direção à inclusão de mais jogadores. A empresa trouxe para o Brasil, para Xbox Series, Xbox One e PC, um controle adaptável lançado originalmente em outubro de 2020, voltado para jogadores com mobilidade reduzida.

O equipamento é um hub unificado para dispositivos, que tem os botões A, B e D-pad, Xbox, menu e view. O produto funciona como uma base que permite que os usuários conectem botões, joysticks, interruptores e montagens para criar um controle totalmente personalizado que atenda às necessidades de cada jogador.

A divisão XBox do Brasil vai fazer a doação de controles adaptáveis para organizações sem fins lucrativos, como a AACD e a AbleGamers.

O equipamento vai ser vendido a 999 reais, que segundo a empresa, é o preço de custo.

A iniciativa vai incluir muitas pessoas que têm dificuldades para se adaptar aos controles comuns, e trazer mais qualidade de vida com muita diversão!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Games para todos: Microsoft traz controle para pessoas com necessidades especiais apareceu primeiro em Olhar Digital.

A Britânia anunciou nesta terça-feira (20) a sua entrada no segmento de televisores inteligentes, com o lançamento de três novos modelos no mercado nacional, todos com tela ultrafina, suporte às tecnologias D-LED, para maior qualidade de imagem, HDR10 e Dolby Atmos.

São três opções de tamanhos, de 32, 42 e 55 polegadas, com resoluções HD, Full HD e 4K, respectivamente. As TVs contam com processador quad core, processador gráfico de três núcleos e a função Futebol, que destaca o som da torcida, levando o telespectador para dentro do estádio, segundo a fabricante.

Leia mais…

Nesta terça-feira (20), a Netflix divulgou um documento voltado para seus acionistas e investidores relatando sua taxa de crescimento de novos assinantes no primeiro trimestre de 2021. Comparado ao mesmo período no ano passado, o resultado ficou abaixo do esperado e desanimou o mercado de ações, derrubando o preço de seu papel em 12%, que chegou a equivaler US$ 67,97 após algumas horas de operação.

A queda brusca pode ser explicada pelos próprios dados divulgados pela Netflix: no ano passado, durante o início da quarentena em razão da Covid-19, a empresa recebeu cerca 16 milhões de novos assinantes em 3 meses. Neste ano, até o momento, houve um crescimento de “apenas” 3,98 milhões de novas assinaturas, equivalendo a uma redução de 75,37% se comparado à performance de 2020.

Leia mais…

Legacies mexeu com o emocional dos fãs no nono episódio da 3ª temporada, intitulado “Do All Malivore Monsters Provide This Level of Emotional Insight?“. Isso porque o spin-off mostrou, depois de muito tempo, a casa da família Gilbert e ainda por cima mencionou o casal Elena e Damon, protagonistas de The Vampire Diaries

A jovem Josie acabou decidindo por se afastar e ficar com a família Salvatore por um tempo, enquanto está estudando na Mystic Falls High. 

Leia mais…

As primeiras temporadas de One Piece continuam disponíveis na Netflix. E por tratar-se de um anime gigantesco — com quase mil episódios —, muitas aventuras e batalhas já foram travadas pela tripulação do Chapéu de Palha. Monkey D. Luffy, inclusive, precisou se armar de diversas estratégias para vencer seus inimigos.

Portanto, nessa lista, confira as 10 melhores estratégias de Luffy que foram vistas pelo público ao longo do anime!

Leia mais…

Muitas figuras históricas ficaram eternizadas em fotografias em preto e branco distorcidas pelas limitações das antigas câmeras. Entretanto, o Time-Travel Rephotography está atualizando esses registros com a ajuda de uma inteligência artificial.

Simulando uma viagem no tempo com câmeras modernas, a técnica transforma fotos antigas em imagens em alta resolução. O projeto foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Washington, da Universidade de Berkeley e do Google Research.

Leia mais…