O Ocean, novo SUV totalmente elétrico da Fisker, foi apresentado hoje (28/02) por Henrik Fisker, no Mobile World Congress (MWC) deste ano, que está ocorrendo em Barcelona, na Espanha. Segundo o CEO da montadora americana, a convenção de tecnologia era o “lugar ideal” para apresentar publicamente o modelo.

Revelado anteriormente no salão do automóvel de Los Angeles, no ano passado, o Ocean será produzido pela Magna Steyr em Graz, na Áustria, chegando ao Reino Unido no segundo trimestre de 2023. As expectativas são de que o SUV da Fisker enfrente o Audi Q4 e-tron e o BMW iX3, com números de desempenho competitivos e uma série de tecnologias avançadas.

Leia também:

A Fisker abriu recentemente um escritório europeu em Munique, na Alemanha, e um centro de experiência de marca deve seguir no país. Estão previstas vendas anuais de cerca de 60 mil unidades na Europa. O Ocean passou por produção piloto para que os testes de colisão e os processos de homologação necessários já possam começar.

Um design apontando tendência da Fisker

Por dentro, há espaço para cinco pessoas, incluindo o motorista, que encontram um ambiente “totalmente vegano”. Isto porque o material utilizado nesta área do Ocean é composto por redes de pesca recuperadas, camisetas e borracha. Outros destaques incluem o modo Califórnia, que abre todas as janelas e retrai o teto para proporcionar uma experiência de direção no estilo conversível.

Detalhe de logo da Fisker
Imagem: Reprodução/Autocar

Há também um modo Limo, que permite aos passageiros do banco traseiro controlar várias funções do veículo. Além disso, uma tela de infoentretenimento de 17,1 polegadas sensível ao toque pode ser alternada do modo retrato para o modo paisagem quando o carro está parado, como vimos aqui em novembro.

Os três níveis de acabamento do Ocean

Três níveis de acabamento estarão disponíveis ao SUV, sendo que o Sport traz um motor de 278 cv no eixo dianteiro para um tempo de 0-96 km/h em 6,6 segundos. Já a versão Ultra recebe um motor em cada eixo, aumentando a potência para cerca de 547 cv e reduzindo o tempo de sprint para 3,9 segundos.

Dois modelos Ocean
Imagem: Divulgação/Fisker

Por fim, o perfil Extreme, topo de gama, traz algo em torno de 557 cv e um tempo de 3,6 segundos na aceleração de 0-96 km/h. A Fisker não confirmou as capacidades da bateria e afirma que ainda está testando as velocidades exatas de carregamento do modelo – as variantes Ultra e Extreme usam baterias fornecidas pela empresa chinesa CATL, dotadas de química de célula de níquel-manganês-cobalto (NMC).

O acabamento Sport de nível básico recebe uma bateria “touring”, capaz de 442 km de alcance. Seus principais recursos incluem uma tela sensível ao toque de 17,1 polegadas, porta traseira elétrica, controle de cruzeiro e faróis automáticos.

Imagem de dentro da cabine do Fisker Ocean
Imagem: Reprodução/Autocar

Enquanto isso, a versão Ultra de gama média está equipada com uma bateria de “hiper alcance”, que entrega perto dos 628 km para o Ocean. Um teto a céu aberto, frenagem de emergência automática, localizador remoto de veículos e um modo Califórnia são apresentados como recursos padrão.

Esta versão média do SUV da Fisker chega em preços que começam a partir de £ 48.900, que seriam algo próximo a R$ 339 mil, em valores convertidos, desconsiderando diferenças de impostos ou taxas. Para os modelos Extreme, o topo do Ocean, a marca coloca o preço a partir de £ 59.900 (R$ 415.108, convertendo de forma direta).

Tecnologias além da tela rotativa

Esta opção traz recursos como tração inteligente para maior estabilidade em condições meteorológicas adversas, uma câmera de 360 ​​graus, carregamento de telefone sem fio e assistente de mudança de faixa. Um Ocean Extreme também oferece o sistema de informação e entretenimento central rotativo (aquele que pode ser posicionado em retrato ou paisagem).

Imagem de dentro do veículo elétrico
Imagem: Reprodução/Autocar

Os modelos topo também ganham painéis solares no teto para fornecer mais energia em condições de sol. A Fisker diz que este dispositivo é capaz de produzir até 2.414 km de alcance por ano.

Como alternativa, os motoristas podem escolher a especificação One, que começa pelo mesmo valor no alto da linha. Baseado no Extreme, o modelo será limitado às primeiras 5 mil unidades produzidas. O kit padrão inclui rodas de 22 polegadas e uma assinatura comemorativa.

Parte frontal do Fisker Ocean
Imagem: Reprodução/Autocar

A Fisker sugere atualizações sem fio (over-the-air, OTA), além de oferecer modos de condução Earth e Fun como padrão em todos os carros – o Ultra e o Extreme adicionam o modo Hyper, que aumenta o desempenho. A versão Extreme também recebe um modo Off-Road dedicado.

Os preços no Reino Unido começam em £ 34.990, enquanto o modelo começa em US$ 37.499 nos EUA. Para termos uma ideia em nossa moeda, o menor valor entre um país e outro seria traduzido em um pouco acima dos R$ 242 mil no Reino Unido e algo perto dos R$ 194 mil nos EUA (R$ 48 mil de diferença).

Parte de trás do SUV da Fisker
Imagem: Reprodução/Autocar

O SUV Ocean é o primeiro de uma família planejada de carros elétricos da Fisker. Outro veículo da marca será o Project Pear, desenvolvido com a Foxconn, que deve estar à venda globalmente a partir do final de 2023. Segundo Henrik Fisker, a parceria com a montadora do iPhone deverá resultar em um veículo “a um preço que realmente abre a mobilidade elétrica para o mercado de massa”.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Via Autocar

O post Aguardadíssimo, SUV elétrico Fisker Ocean é apresentado em Barcelona; o que tem de tão especial? apareceu primeiro em Olhar Digital.