Organizações de defesa dos direitos das mulheres se posicionaram sobre o processo de Scarlett Johansson contra a Disney. Pelo menos três dos principais grupos de Hollywood enviaram comunicados protegendo a atriz. Women in Film, ReFrame e Time’s Up criticaram o estúdio pelo seu posicionamento.

“Nós nos posicionamos firmemente contra a recente tentativa da Disney de caracterizar Johansson como insensível ou egoísta por defender seus direitos contratuais”, diz um trecho da nota divulgada em conjunto pelas três entidades.

“Esse ataque machista não tem lugar em uma disputa de negócios e contribui para ambiente em que mulheres e garotas são vistas como menos capazes que os homens de proteger seus próprios interesses sem serem criticadas”, completou ainda.

Entenda o caso da Scarlett Johansson contra a Disney

novo longa da Marvel estreou simultaneamente nos cinemas e na plataforma de streaming da companhia no dia 9 de julho, há vinte dias. O lançamento nas duas mídias é agora alvo de um processo judicial, movido pela atriz Scarlett Johansson, estrela da película.

Segundo a atriz, esse lançamento simultâneo foi uma quebra de contrato. Ela entrou com uma ação na quinta-feira, no Tribunal Superior de Los Angeles, contra a Disney, alegando a violação do seu contrato com a empresa. Johansson afirma que o documento firmado com a Marvel Entertainment garantia um lançamento exclusivo nos cinemas.

O salário da protagonista de ‘Viúva Negra’ se baseava grande parte no desempenho da bilheteria do filme. “A Disney induziu intencionalmente a quebra do acordo da Marvel, sem justificativa, para evitar que a Sra. Johansson percebesse todos os benefícios de sua barganha com a Marvel”, diz o processo, de acordo com o jornal norte-americano the Wall Street Journal. Ainda segundo a publicação, a Disney não comentou o assunto.

O advogado John Berlinski, que representa Scarlett Johansson, acredita que este não será o último caso em que “talentos de Hollywood enfrentam a Disney”. “Deixam claro que, independentemente do que a empresa possa fingir, tem a obrigação legal de honrar seus contratos”, completou.

Em nota, um porta-voz da Disney defendeu que não há mérito no processo e usou palavras duras para criticar a ação movida por Scarlett Johansson. Segundo o representante, o processo é triste e angustiante, além de uma demonstração de desrespeito pelos efeitos globais prolongados ocasionados pela pandemia da Covid-19.

Confira mais detalhes sobre o posicionamento da Disney na reportagem do Olhar Digital!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Organizações defendem Scarlett Johansson em processo contra Disney apareceu primeiro em Olhar Digital.

O Brasil tem 910 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com números atualizados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Ministério da Saúde neste sábado (31)

Confira os números atualizados no Brasil:

  • 910 óbitos nas últimas 24 horas;
  • 37.582 casos confirmados nas últimas 24 horas;
  • 556.370 mortes;
  • 19.917.855 casos confirmados.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, mais de 140 milhões de doses foram aplicadas até o momento no Brasil.

Desde que chegou ao país, o novo coronavírus se espalhou rapidamente. Em 16 de junho de 2020, menos de um mês depois de atingir um milhão de casos confirmados de covid-19, o Brasil registrou mais de dois milhões de infectados. Em 8 de julho, entretanto, um milhão de pessoas já haviam se recuperado da doença. Atualmente, o Brasil é o segundo país com mais mortes registradas pela covid-19, atrás apenas dos EUA.

Leia mais:

Impacto regulatório

A InteliGov, startup de monitoramento parlamentar, criou um site de monitoramento automático do Diário Oficial da União (DOU) e do Legislativo (federal, estadual e municipal) em tempos de crise. Com a ferramenta, é possível verificar todas as menções ao novo coronavírus no DOU.

Especializada em automação de monitoramento de informações governamentais, a startup atualiza automaticamente as informações a cada hora, no caso do DOU, e diariamente quanto às iniciativas do Legislativo. Todo o material disponível é gratuito e está dividido em duas categorias: “publicações na imprensa oficial” e “proposições legislativas”.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Covid-19: Brasil tem mais de 900 mortes nas últimas 24 horas; total ultrapassa 556 mil apareceu primeiro em Olhar Digital.

O Telegram vai aumentar (e muito) o limite de participantes de uma chamada de vídeo. Atualmente, até 30 pessoas simultâneas podem estar presentes. No entanto, nessa sexta-feira (30) a plataforma anunciou que vai aumentar esse número para mil espectadores, sendo que 30 poderão transmitir a tela.

Com isso, a plataforma amplia o escopo de suas iniciativas no ramo empresarial e de estudos. Já que com o limite é possível realizar videoaulas, palestras, festas de aniversário e outras apresentações.

Chamada de vídeo no Telegram

No anúncio, o Telegram disse que “continuará aumentando o limite até que todos os humanos da Terra possam se juntar a uma chamada de vídeo”. A mudança foi bastante surpreendente considerando que recentemente o limite foi expandido para 30.

Lembrando que outras plataformas, como o próprio WhatsApp, possuem limites bem menores. No mensageiro do Facebook, por exemplo, até oito pessoas podem estar em uma call de vídeo simultaneamente. O Zoom, em sua versão gratuita, permite até 100 participantes por no máximo 40 minutos, assim como o Google Meet.

Além da mudança nas chamadas de vídeo em grupo, o Telegram anunciou atualizações nos modos de visualização. Ao ver um vídeo, vai ser possível dar zoom no conteúdo sem sair da plataforma, além de aumentar e diminuir a velocidade de reprodução. Fora isso, o mensageiro vai ser compatível com fotos de alta deificação, recurso que o WhatsApp, por exemplo, não suporta.

Recentemente, o app também melhorou o sistema de supressão de ruídos, para permitir chamadas com melhor qualidade. “Melhoramos a supressão de ruído em bate-papos de voz para manter o áudio de todos nítido e claro, mesmo quando você está comendo algo crocante. Também adicionamos um botão para desligar a supressão de ruído nas configurações – para aqueles momentos em que mastigar tem significado”, disse a empresa.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Telegram vai permitir até mil espectadores em uma chamada de vídeo apareceu primeiro em Olhar Digital.

Selecionamos a filmografia e de alguns diretores famosos do cinema mundial e mostraremos 6 filmes que boa parte dos espectadores não lembrava, ou até nunca soube, que pertenciam a esse realizador.

Portanto, se você gosta da obra de autores como David Fincher, Spike Jonze, George Miller, entre outros, dá uma olhada na lista que separamos.

1. A lenda dos Guardiões (Zach Snyder)

Poucos lembram disso, mas Zach Snyder, célebre por seu trabalho de profunda violência gráfica, como “300” e “A Madrugada dos Mortos”, realizou a história de animação baseada em arquétipos da mitologia grega “A Lenda dos Guardiões”, de 2010.

O enredo conta com uma corujinha chamada Scoren fascinada pelas histórias contadas pelo seu pai sobre os Guardiões de Ga’Hoole, míticos guerreiros voadores que lutaram em uma batalha épica para salvar a espécie de ameaça de extinção.

2. Babe – O Porquinho Atrapalhado na cidade (George Miller)

Quem diria que o célebre diretor da distópica e violenta tetralogia “Mad Max” poderia estar por trás da continuação desse clássico infantil da década de 90? Isso mesmo, George Miller é o diretor de “Babe – O Porquinho Atrapalhado na Cidade”, de 1998.

Com a missão de viajar com sua dona para a cidade com o objetivo de reverter o processo de venda da sua fazenda, Babe arruma diversas confusões e participa de um concurso de talentos para salvar seu rancho.

O mais surpreendente é que Miller não é apenas diretor do filme, mas também produtor e roteirista e teve participação fundamental em todos os processos de produção.

3. Alien 3 (David Fincher)

A série “Alien”, clássico que mistura terror e ficcção científica, é notória pelos grandes diretores famosos que participaram dos projetos dos filmes. Se o primeiro da franquia contava com a direção de Ridley Scott, o segundo foi dirigido pelo lendário James Cameron.

Entretanto, por ter tido bem menos sucesso que seus antecessores, o diretor por trás de “Alien 3” acaba sendo pouco lembrado. Quem dirigiu a obra foi nada mais nada menos que David Fincher, que à época estava dando seus primeiros passos em Hollywood.

“Alien 3” foi lançado dois anos antes do primeiro grande sucesso do diretor norte-americano, “Se7en – Os Sete Crimes Capitais”, que a partir dali deslanchou uma carreira cheia de clássicos, prêmios e indicações.

4. Caçadores de Emoção (Kathryn Bigelow)

Esse clássico dos filmes de ação, lançado em 1991, conta no seu elenco com pesos pesados como Keanu Reeves e Patrick Schwayze. Muitos não sabem, mas esse filme foi um dos primeiros da filmografia da grande vencedora do Óscar de 2010 e esposa de James Cameron, a diretora Kathryn Bigelow.

Muito mais lembrada pelo premiado filme “Guerra ao Terror”, de 2010, Bigelow esteve atrás das câmeras nesse filme que conta a história de um policial (Reeves) que se infiltra em um grupo de surfistas para investigar possíveis suspeitos de pertencer a uma gangue de assaltantes.

5. Onde Vivem os Monstros (Spike Jonze)

“Adaptação”, “Quero Ser John Malkovich”, “Her”, entre outros: são vários os filmes que fizeram a popularidade de Spike Jonze como um dos diretores famosos mais excêntricos de Hollywood. O autor que ganham popularidade pelos enredos bizarros, personagens peculiares e um estilo, digamos, bem nichado, também esteve por trás da cama de “Onde Vivem os Monstros”.

Apesar de alguns elementos surreais, o filme possui um enredo infantil e com alguns toques mais sombrios, cujo estilo diverge consideravelmente dos dramas que fizeram a fama de Jonze.

O filme é uma adaptação de um livro infantil homônimo escrito por Maurice Sendak.

Max (Max Records), uma criança fantasiada de lobo, se comporta mal e sua mãe (Catherine Keener) o coloca de castigo. Como punição, ele é mandado para o quarto sem jantar. No entanto, Max resolve fugir de casa e usa a imaginação para criar uma misteriosa ilha. Lá ele encontra vários monstros, que vivem em bando. A missão do garoto é organizar jogos e brincadeiras para expulsar a tristeza do lugar e manter os monstros alegres.

O post 6 filmes realizados por diretores famosos – e você não sabia apareceu primeiro em Olhar Digital.

O uso de inteligência artificial por meio de robô pode ajudar a fazer a triagem de pacientes para aliviar o sistema de saúde sobrecarregado durante a pandemia da Covid-19. Pesquisadores desenvolveram a Laura, uma assistente virtual capaz de identificar e interpretar informações de quem busca atendimento hospitalar.

O projeto é da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Fundação Getulio Vargas (FGV) e Instituto Laura Fressatto. O algoritmo é capaz de descrever a gravidade da doença de um paciente a partir dos sintomas informados. Isso ajuda no direcionamento dessa pessoa para um profissional adequado, evitando tempo de triagem e encaminhamento.

Caso a pessoa seja identificada com sintomas leves, ela continua sendo monitorada pelo robô, sendo coletadas informações a cada três dias de seu estado de saúde. Caso haja uma piora, um enfermeiro entra em contato por meio de chamada de vídeo, para entender o quadro.

“O paciente entra em contato com a plataforma do robô Laura e digita algumas informações que o robô identifica e interpreta. O paciente tanto pode receber informações, como prevenção, vacinas e orientações sobre covid-19, mas também pode descrever os sintomas [que está sentindo] para o algorítimo,” disse o médico Murilo Guedes, líder do estudo, à Agência Brasil.

Imagem: Reprodução – Laura

Robô capaz de ajudar na saúde

A pesquisa compilou atendimentos realizados na plataforma da Laura com 24,1 mil pessoas entre julho e outubro de 2020. As tiragens foram feitas em três cidades brasileiras: Curitiba (PR), São Bernardo do Campo (SP) e Catanduva (SP).

44,8% dos pacientes analisados foram classificados com sintomas leves de Covid-19, 33,6% dos casos foram considerados moderados e apenas 14,2% foram diagnosticados como casos graves da doença. Os resultados preliminares de viabilidade dessa tecnologia foram publicados no jornal Frontiers in Digital Health.

O estudo segue em andamento e os próximos passos envolvem analisar a segurança do robô para fazer diagnósticos de saúde. Isso é feito medindo a precisão das avaliações médicas fornecidas pela inteligência artificial. Outros testes com a tecnologia já estão sendo aplicados.

“O que a gente ainda precisa fazer, daqui para a frente, é mostrar que a ferramenta tem eficácia na avaliação dela e que ela é segura. O grande objetivo aqui é otimização de recursos em saúde para desafogar as instituições de saúde”, finalizou Murilo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! 

O post Robô ajuda a desafogar sistema de saúde na pandemia apareceu primeiro em Olhar Digital.

Nesta sexta-feira (30), a Google anunciou um novo aplicativo independente do Meet para navegadores. O software possui os mesmos recursos que a plataforma tradicional, entretanto, promove maior autonomia e organização para o usuário ao dispensar o gerenciamento de abas no Chrome.

O novo Google Meet para navegadores web se trata, especificamente, de uma Progressive Web Application (PWA). O termo se refere a uma nova metodologia de desenvolvimento de softwares, que resulta em programas que misturam as páginas web tradicionais e aplicações para dispositivos móveis.

Leia mais…

Duas das coisas mais populares no Brasil são A Grande Família e memes. Então não sou poucas as criações e piadas usando elementos da série clássica, principalmente sua trilha sonora. Mas um brasileiro foi além, e resolveu criar a música tema do seriado usando o saudoso Mario Paint, do Super Nintendo.

Leia mais…

Quem acompanha a evolução de Os Simpsons no mundo dos games certamente deve se lembrar com saudades de The Simpsons: Hit & Run. Curiosamente, o time de desenvolvimento da animação também pensa assim, tanto que Matt Selman, produtor do desenho, disse ao site IGN que adoraria ver uma versão remasterizada do jogo.

“Eu adoraria ver uma versão remasterizada [de The Simpsons: Hit & Run], de verdade. Entretanto, é uma jornada corporativa complicada tentar fazer com que isso aconteça”, comentou Selman durante o bate-papo.

Leia mais…

No final de junho, a Microsoft anunciou a nova versão de seu sistema operacional para computadores: o Windows 11. Muitos aspectos estéticos e funcionais já foram divulgados, fazendo o sistem alcançar  1% dos computadores antes mesmo do lançamento de sua versão definitiva.

Uma das funções mais aguardadas é a divisão de telas na área de trabalho. Chamado de ‘Snap Layout’, um novo recurso do Windows 11 auxilia na disposição das janelas, permitindo organizar diversas telas com facilidade.

Leia mais…

A série Peaky Blinders estreou em 2013 e, desde então, se tornou uma das favoritas dos fãs. Inspirada em uma organização criminosa de Birmingham, a trama criada por Steven Knight acompanha Thomas Shelby, também conhecido como Tommy, o líder da gangue. Sendo o anti-herói perfeito, ele não tem dificuldades para matar, mas, sem dúvidas, o que mais faz com que o personagem se destaque é a sua oratória.

Tommy Shelby tem um discurso convincente e está sempre seguro de si mesmo. Logo, algumas das frases mais célebres do roteiro foram ditas pelo personagem de Cillian Murphy. Vamos conferir quais foram?

Leia mais…