A Activision Blizzard enfrenta um processo na Califórnia por assédio sexual e discriminação. Agora, um ex-funcionário de tecnologia da informação da companhia confessou ter montado uma câmera embaixo da pia, apontando para um banheiro do escritório da empresa em Minnesota, em 2018, mostram os registros do tribunal.

Tony Ray Nixon confessou ser culpado de interferência com a privacidade, uma contravenção grave. Ele foi preso preventivamente, mas acabou violando a liberdade condicional e acabou recebendo o “tratamento de agressor sexual conforme as instruções”.

Leia mais:

O ex-funcionário da Activision tinha a intenção de espionar os funcionários enquanto usavam o banheiro, segundo os registros judiciais. Ainda de acordo com os autos, um funcionário, anônimo, disse ter recebido um e-mail do departamento de recursos humanos informando que o dispositivo de monitoramento não autorizado havia sido instalado no banheiro unissex. A companhia fazia uma investigação interna.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Quando a polícia foi ao local, a gerência informou que um funcionário encontrou duas câmeras instaladas no banheiro, sob as pias. A gerência removeu os dispositivos e enviou para o escritório de Santa Monica, na Califórnia, para análise. Nas investigações, a polícia descobriu que Nixon comprava os cartões micro SD, baterias e câmeras à prova d’água.

Funcionários da Activision Blizzard criticam postura da empresa sobre processo de assédio. Imagem: Shutterstock.com
Funcionários da Activision Blizzard criticam postura da empresa sobre processo de assédio. Imagem: Shutterstock.com

O ex-funcionário admitiu que as câmeras capturaram as imagens, mas disse que apagaram os vídeos. Em resposta à revista Vice, a Activision Blizzard disse que removeu os dispositivos assim que o incidente foi relatado e notificou as autoridades.

“Assim que as autoridades e a empresa identificaram o autor do crime, ele foi demitido por sua conduta abominável. A empresa forneceu conselheiros de crise para os funcionários, no local e virtualmente, e aumentou a segurança”, completa a nota. Atualmente, a companhia é processada pelo estado da Califórnia por violar leis trabalhistas e servir como um “terreno fértil para o assédio”.

Riot Games também é processada

Outra desenvolvedora também foi processada pelo mesmo órgão que agora move a ação contra a Activision Blizzard. A Riot Games é processada por discriminação salarial, assédio sexual e retaliação. A ação legal foi tomada pela primeira vez por funcionários da companhia em 2018.

Via: Vice / PC Gamer

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Funcionário da Activision filmou colegas no banheiro do escritório apareceu primeiro em Olhar Digital.

Desde o início do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), o gás de cozinha acumula alta de 66% e se consolida como o maior vilão do orçamento de famílias de baixa renda. Para tentar economizar, as pessoas têm buscado alternativas na hora de cozinhar, como usar carvão ou lenha. No entanto, pesquisadores indicam que esses combustíveis “sujos” estão associados com o desenvolvimento de doenças oculares. Em casos mais extremos, o hábito pode levar à cegueira.

A Medical Xpress divulgou um estudo, publicado na revista PLOS Medicine nesta sexta-feira (30), que revelou uma forte ligação entre cozinhar com lenha ou carvão e os riscos de desenvolver doenças oculares graves (ou até cegueira). Pesquisas análogas anteriores já indicavam que o hábito de cozinhar com combustíveis sólidos sujos aumentava as chances de desenvolver catarata.

A recente pesquisa, que durou longos anos, foi desenvolvida em conjunto por cientistas da Universidade de Oxford, da Academia Chinesa de Ciências Médicas e da Universidade de Pequim. Durante o experimento, os voluntários foram questionados sobre seus hábitos na cozinha. Em seguida, eles foram rastreados por 10 anos, através dos registros do plano de saúde, para verificar possíveis internações hospitalares devido a doenças oculares. 

Passados os 10 anos de observação, constatou-se 4.877 casos de conjuntivite, 13.408 de catarata, 1.583 transtornos da esclera, córnea, íris e corpo ciliar (H15 – H22) e 1.534 registros de glaucoma.

Paralelamente, a pesquisa atestou que não existem grandes diferenças de ameaça entre os tipos de combustíveis sólidos usados, por exemplo, carvão versus madeira. A lenha, porém, pode levar a ferimentos mais graves nos olhos devido a faíscas ou pó de madeira.

“Os riscos aumentados são, em geral, causados ​​pela exposição a altos níveis de partículas finas (PM2. 5) e monóxido de carbono, que danificam a superfície do olho e causa inflamações”, disse o o principal autor do estudo, Dr. Peter Ka Hung Chan (Universidade de Oxford).

Além de constatar que as os combustíveis limpos (eletricidade ou gás) apresentam riscos menores do que os combustíveis sujos (carvão e lenha), a complexidade de informações do estudo indicou que aqueles que cozinham a partir de carvão ou lenha são, em maioria, mulheres mais velhas, residentes em áreas rurais e com baixa escolaridade.

Os dados, portanto, assinalam que as pessoas de baixa renda estão mais vulneráveis a ter que recorrer a fontes “sujas” na cozinha. Devido a pouca arrecadação, a procura por um tratamento adequado, caso desenvolvam doenças oculares, pode ser um empecilho agravante.

Pesquisa longa e detalhada, realizada na China, constatou que mulheres de baixa renda são as mais atingidas por doenças oculares provocadas pelo uso de lenha e carvão na cozinha. Créditos: BlurryMe/Shutterstock

As conclusões do experimento chinês são importantes não apenas para a comunidade médica mas para a sociedade como um todo, pois comprovam que problemas oculares resultam de uma série de fatores e hábitos cotidianos e não apenas das causas tradicionais nas quais comumente pensamos (predisposição genética, por exemplo).

Ademais, a pesquisa reforça a necessidade de pressionar por esforços governamentais que facilitem o acesso ao gás de cozinha por um preço justo. Além do mais, o público em geral deve ser informado sobre os perigos e potenciais riscos ao usar combustíveis alternativos – ainda que não tenha oportunidade de escolha, muitas das vezes.

Leia também!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Cozinhar com carvão ou lenha pode provocar doenças oculares apareceu primeiro em Olhar Digital.

Um estudo publicado na revista Sustainability aponta que apenas 5 países têm probabilidades razoavelmente boas de sobreviver a um possível colapso da civilização no futuro.

A pesquisa explica como uma combinação de destruição ecológica, recursos limitados e crescimento populacional pode desencadear uma redução na complexidade geral da civilização.

Para os cientistas, o planeta pode sofrer alterações significativas nos próximos anos e décadas, principalmente causadas pelas mudanças climáticas. Há grande possibilidade de aumento da frequência e intensidade de secas e inundações, e também registros de temperaturas extremas. Tudo isso, junto com o maior movimento da população, pode ditar a gravidade dessa ameaça da extinção da vida na Terra.

Cinco países foram apontados no levantamento por terem as condições iniciais mais favoráveis ​​para sobreviver a um colapso global graças a três fatores: isolamento de outros grandes centros populacionais que podem estar sujeitos a eventos de deslocamento, auto-suficiência na infraestrutura de energia e manufatura e capacidade de suporte, com terras disponíveis para agricultura e população em geral.

A Nova Zelândia é a melhor posicionada entre as nações graças à baixa população, abundantes terras agrícolas e capacidade de produzir energia geotérmica e hidrelétrica. Islândia, Austrália e Irlanda aparecem logo na sequência, com o Reino Unido na quinta colocação devido à complicada matriz energética e alta densidade populacional.

Mas isso não quer dizer que os outros países estejam condenados.

O estudo também destaca ações para abordar os fatores interligados que influem nas mudanças climáticas. É preciso investir na capacidade agrícola, energia doméstica, indústria de manufatura e melhorar a percepção da complexidade dos ambientes naturais.

Ou seja, preservar a vida em locais como as florestas. Com isso, mais países podem enfrentar melhor as ameaças que pairam sobre o nosso futuro no planeta Terra.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Fim dos tempos: Apenas 5 países têm boas chances de sobreviver ao colapso da civilização apareceu primeiro em Olhar Digital.

Astrônomos a serviço do Instituto de Tecnologia de Massachusetts descobriram duas rochas contendo “matéria orgânica complexa” no cinturão de asteroides entre Marte e Júpiter. Segundo eles, essa matéria pode conter até mesmo elementos primários que levaram à formação da Terra há bilhões de anos.

Em exames mais detalhados do cinturão, os astrônomos identificaram que as duas rochas apareceram com altos tons de vermelho. A cor indica a presença ou ausência de matéria orgânica em um objeto celeste. Quanto mais matéria, mais vermelho, caso contrário, os objetos aparecem em tons azulados.

Ao que tudo indica essas rochas podem ter sido criadas no início da formação do nosso sistema solar, preservando a matéria daquela época até os dias atuais.

A matéria orgânica encontrada no cinturão de asteroides é mais uma descoberta que pode nos levar a um entendimento maior de como a “nossa casa” se formou há 4 bilhões e meio de anos.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Matéria orgânica encontrada entre Marte e Júpiter tem pistas sobre formação do planeta Terra apareceu primeiro em Olhar Digital.

Um robô feito em impressora 3D conseguiu vencer a primeira fase do jogo “Super Mario Bros.”, da Nintendo. A tarefa não é das mais complicadas, mas o objetivo dos engenheiros nem é criar um super jogador de games!

O projeto é parte da subdivisão de “soft robotics” da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, conhecida por fugir das construções tradicionais e inventar robôs com componentes flexíveis, que imitam atribuições físicas encontradas em tecidos de animais.

É o caso do projeto atual, que apresenta uma mão com três dedos, com destreza suficiente para manipular os botões e o controle direcional de um joystick.

Segundo a universidade, há inúmeras vantagens no uso de materiais flexíveis: imagine um robô cujo corpo inteiro é maleável a ponto de se enfiar em aberturas menores, na busca de vítimas de desastres como desabamentos ou terremotos. Isso sem falar nas possibilidades de usos como próteses de membros perdidos ou aplicações da biomedicina.

Ao contrário de outras pesquisas do tipo, os criadores decidiram socializar os desenhos do robô que venceu Super Mario, para que qualquer um possa baixar os arquivos, modificar sob demanda e imprimir em 3D. Segundo eles, o custo para esse tipo de produção seria de aproximadamente 100 dólares, com o software que eles próprios utilizaram via GitHub.

O objetivo principal é aumentar o volume de pesquisas e trabalhos como esse, para ter aplicações úteis em um futuro próximo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Técnica multiuso: robô impresso em 3D joga Super Mario Bros. apareceu primeiro em Olhar Digital.

Embora tenha assinado contrato para integrar apenas o elenco da 1ª temporada de Law & Order: Organized Crime, spin-off de Law & Order: Special Victim Unit, o ator Dylan McDermott deverá retornar como o vilão Richard Wheatley na 2ª temporada da série da NBC.

De acordo com as apurações da imprensa internacional, McDermott será, desta vez, um personagem recorrente na narrativa, aparecendo em cerca de oito episódios para causar mais desconfortos no cotidiano de Elliot Stabler (interpretado por Christopher Meloni). Apesar de controverso, Richard Wheatley causou boa impressão no público, sendo bastante comentado entre os fãs. 

Leia mais…

A Netflix anunciou nesta sexta-feira (30) o lançamento de Schumacher, um documentário sobre a vida e a carreira de Michael Schumacher. Heptacampeão da Fórmula 1, ele é um dos maiores pilotos e detentor de diversos recordes mundiais. A produção vai reunir entrevistas com familiares e profissionais de destaque da F1, como outros pilotos, comentaristas e executivos.

Além disso, o documentário também vai revelar materiais inéditos sobre o piloto. Dentre os entrevistados que já foram confirmados na produção, destacam-se nomes como Sebastian Vettel, Damon Hill, David Coulthard, Bernie Ecclestone, Flavio Briatore e Jean Todt.

Leia mais…

Já disponível para computadores, a expansão Expedition de Path of Exile também já pode ser obtida por aqueles que possuem Xbox One e PlayStation 4. Somado a isso, também foi mencionado que o modo Path of Exile: Royale foi aprimorado e retorna ao game em sessões de jogo de fim de semana.

Expedition traz diversos conteúdos para o game, entre eles participar de expedições para plantar cadeias de explosivos de forma estratégica e detoná-los para derrotar os mortos-vivos que podem surgir pelo caminho, além de obter artefatos que podem ser trocados com os novos mercadores por recursos que certamente vão ajudá-lo em sua jornada.

Leia mais…

A vilã da 11ª temporada de The Walking Dead foi revelada. Assim como o Governador, da comunidade de Woodburry, Gregory, de Hilltop, e Deanna, líder de Alexandria, a nova antagonista dos sobreviventes do apocalipse zumbi é uma política. Pamela Milton (interpretada por Laila Robins, de The Boys) é a governadora controladora de Commonwealth, uma comunidade pós-apocalíptica no meio-oeste dos Estados Unidos.

Como uma adepta da velha política, Pamela tem como principais armas promessas e banalidades. A primeira foto oficial da déspota mostra paralelos claros com a versão da personagem que já apareceu nos quadrinhos. Ela aparece na imagem fazendo um discurso e exibindo um sorriso falso.

Leia mais…

Ao que tudo indica, a Sony está pensando em um novo sistema para exibição de troféus no PlayStation 5. Um tweet publicado por Tom Warren, do site The Verge, mostra que no futuro a Sony vai disponibilizar uma atualização que passará a mostrar as conquistas na vertical.

A mensagem publicada pelo jornalista também revela que a atualização vai trazer diversas correções, alterações, ajustes e melhorias para o sistema, como o já mencionado suporte ao uso de SSD M.2 no console.

Leia mais…